Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
6 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Victória Sales – Da Revista Cenarium

MANAUS – O programa da TV Cultura do Brasil, “Provoca”, desta terça-feira, 4, comandado pelo apresentador Marcelo Tas, vai entrevistar, às 22h, o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Ele vai falar sobre os bastidores da pandemia no Governo Bolsonaro e o que pode acontecer com a CPI da Pandemia.

“É lastimável, pois você começa com uma série de erros por parte do presidente. Um capítulo que vai ficar eternamente na conta deles, além da questão de indução de kit tratamento, não fazer os testes, apodreceram os testes que foram comprados, agora não comprar a vacina para uma doença infecciosa causada por um vírus que é a principal arma da humanidade, aquilo ali não tem desculpa”, afirma Mandetta.

Luiz Henrique Mandetta

Luiz Henrique Mandetta nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, no dia 30 de novembro de 1964. É médico ortopedista e político. Foi deputado federal pelo Estado entre 2011 e 2019, e ministro da Saúde no atual governo federal, chefiando a pasta entre janeiro de 2019 a abril de 2020, quando foi demitido por não concordar com o presidente em relação ao isolamento social para o combate à Covid-19.

Em 2004, após o primo de Mandetta ter assumido a prefeitura de Campo Grande, o político assumiu cargo como secretário municipal de Saúde, sendo a entrada na carreira política. Durante seu mandato, ele sofreu acusações de fraude em licitação e tráfico de influência na implementação do sistema de prontuário eletrônico.

No dia 20 de novembro de 2018, Luiz assumiu o cargo de ministro da Saúde, após a confirmação ter sido feita pelo presidente da República. Mandetta foi empossado por Bolsonaro no dia 1º de janeiro de 2019. Durante seu mandato, o político tentou buscar a readmissão dos médicos cubanos e a aprovação do programa “Médicos pelo Brasil”.