Ex-vice-governador, Henrique Oliveira se filia ao Podemos e confirma pré-candidatura ao Governo do AM

Eduardo Figueiredo – Da Revista Cenarium

Manaus – O ex-deputado federal e ex-vice-governador do Amazonas, Henrique Oliveira, confirmou a pré-candidatura ao Governo do Estado nesta sexta-feira, 1º, pelo Podemos. Oliveira assume a presidência do partido que antes era comandado pelo deputado estadual Abdala Fraxe.

“Eu estava no Pros, que teve uma intervenção a nível nacional. Houve uma mudança nos diretórios estaduais e pelas boas relações que eu tenho como ex-deputado federal, eu já fui do PTN, que é o atual Podemos, eu recorri. O Abdala tinha saído, o partido ficou meio solto aqui e eu consegui a presidência com a intenção de fortalecer o partido nesses próximos meses; e sou pré-candidato ao governo do Estado”, declarou Henrique Oliveira à REVISTA CENARIUM

Segundo o pré-candidato, ainda não há uma data definida para o lançamento oficial da pré-candidatura. “Meu ingresso ao Podemos é exatamente para o lançamento da pré-candidatura ao governo. Eu vou fazer uma reunião com os correligionários e a gente vai marcar uma solenidade”, destacou.

Histórico

Henrique Oliveira é jornalista e, em 2008, foi eleito o vereador mais votado de Manaus. Em 2010, conquistou uma cadeira na Câmara Federal com mais de 86 mil votos. Também já foi candidato à Prefeitura de Manaus e, em 2014, foi eleito vice-governador do Amazonas.

Comandado por figuras conhecidas

O Podemos já foi comandado por figuras como Amazonino Mendes e Wilker Barreto. Amazonino comandou o Podemos desde o dia 20 de março de 2020, quando entrou na legenda para disputar a eleição de 2020 para a Prefeitura de Manaus, na qual saiu derrotado. Dois anos antes, Mendes também não teve êxito no pleito estadual e perdeu para o governador do Amazonas Wilson Lima (PSC).

Leia também: Base aliada da Aleam articulou tomada do Podemos de Amazonino; grupo se fortalece para 2022

Antes de Mendes, quem comandava a sigla era o deputado estadual Wilker Barreto, que após se desfiliar do Podemos, em dezembro do ano passado, o ex-vice na chapa de Amazonino Mendes expôs um possível ‘racha’ entre os até então aliados.

Durante uma sessão na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Barreto disse não estar preocupado com o ex-governador que perdeu as eleições para o Governo do Amazonas nas últimas eleições.

A fala de Barreto foi proferida durante uma discussão, dentro da Casa Legislativa, com o deputado delegado Péricles. O possível ‘descontentamento’ de Wilker, em relação ao aliado, foi evidenciado quando Péricles afirmou que “nem Amazonino o queria mais por perto”. Em resposta, Wilker surpreendeu a todos ao rebater, aos gritos, com a seguinte frase: “Eu lá estou preocupado com Amazonino, rapaz!”.

Na última eleição, Amazonino teve Wilker como candidato a vice, mas perdeu para o atual prefeito de Manaus. À época, a indicação do nome de Wilker para vice gerou descontentamento em Amazonino, que acatou a dobradinha após imposição de Barreto, presidente do Podemos naquele momento.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO