Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
19 de outubro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – O cantor de bolero Mustafa Said, aos 48 anos, morreu nesta segunda-feira, 27, por complicações de saúde. Segundo informações de amigos e familiares, que lamentaram a morte do artista, o intérprete teve um ataque cardíaco fulminante.

Em vídeo compartilhado nas redes sociais, a cantora e ex-colega de palco e gravações de Mustafa, Goreth Almeida, com quem gravou o disco “O Dueto de Ouro”,disse que o músico estava Pauini (a 924.19 quilômetros de Manaus), ao lado da família, quando sofreu o infarto.

“Infelizmente, ele teve um ataque fulminante. Dormiu e enfartou dormindo. Não sabemos ainda se o corpo vem para Manaus”, relatou Goreth. Emocionada e chorando, a cantora disse ainda que, mesmo distante de Mustafa, marcou a música amazonense ao lado do artista.

‘O Dueto de Ouro’, disco que marcou a parceria dos cantores Mustafa Said e Goreth Almeida (Arquivo Pessoal)

“Nosso gordinho Mustafa Said se foi. Mais uma voz se cala. Desculpe. É como eu digo amados irmãos, estamos nessa terra de passagem. Feliz aquele que dormiu e acordou. Infelizmente, ele dormiu e não acordou mais”, desabafou.

A sobrinha do cantor, Nay Oliveira, também lamentou a morte do tio citando um trecho da canção “Besame”, da artista Leila Pinheiro, Bossa Nova.

“‘A orquestra já nos chamou… abriu meu coração, tremeu o chão e vi que era feliz, a luz do cabaré…’. A sua voz hoje se cala, o bolero veste luto, o Amazonas perde um grande artista. Meu tio Mustafinha Said que Deus te receba de braços abertos”, escreveu Nay Oliveira, em uma publicação no Facebook.