26 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – O cantor de bolero Mustafa Said, aos 48 anos, morreu nesta segunda-feira, 27, por complicações de saúde. Segundo informações de amigos e familiares, que lamentaram a morte do artista, o intérprete teve um ataque cardíaco fulminante.

Em vídeo compartilhado nas redes sociais, a cantora e ex-colega de palco e gravações de Mustafa, Goreth Almeida, com quem gravou o disco “O Dueto de Ouro”,disse que o músico estava Pauini (a 924.19 quilômetros de Manaus), ao lado da família, quando sofreu o infarto.

“Infelizmente, ele teve um ataque fulminante. Dormiu e enfartou dormindo. Não sabemos ainda se o corpo vem para Manaus”, relatou Goreth. Emocionada e chorando, a cantora disse ainda que, mesmo distante de Mustafa, marcou a música amazonense ao lado do artista.

‘O Dueto de Ouro’, disco que marcou a parceria dos cantores Mustafa Said e Goreth Almeida (Arquivo Pessoal)

“Nosso gordinho Mustafa Said se foi. Mais uma voz se cala. Desculpe. É como eu digo amados irmãos, estamos nessa terra de passagem. Feliz aquele que dormiu e acordou. Infelizmente, ele dormiu e não acordou mais”, desabafou.

A sobrinha do cantor, Nay Oliveira, também lamentou a morte do tio citando um trecho da canção “Besame”, da artista Leila Pinheiro, Bossa Nova.

“‘A orquestra já nos chamou… abriu meu coração, tremeu o chão e vi que era feliz, a luz do cabaré…’. A sua voz hoje se cala, o bolero veste luto, o Amazonas perde um grande artista. Meu tio Mustafinha Said que Deus te receba de braços abertos”, escreveu Nay Oliveira, em uma publicação no Facebook.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.