Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Luciana Bezerra – Da Revista Cenarium

MANAUS – Para alegria dos amantes de festa junina é comemorada nesta quarta-feira, 24, o dia de São João. A santidade conhecida popularmente como “santo festeiro”, com a data que já faz parte do calendário festivo por todo o País. Cumprindo as ordens do isolamento social em decorrência da Covid-19, o tão esperado “arraiá” foi substituído por lives virtuais com a animação no sofá de casa e compartilhado nas redes sociais. 

Por tradição é na véspera de São João, que acontece o “batismo dos bois” para que então comecem a percorrer, oficialmente os terreiros juninos Brasil afora. O Batismo segundo as lendas, é a benção do santo para o restante da temporada dos ‘bois-bumbás’. Enquanto Xangô, orixá que no sincretismo corresponde ao santo católico, também recebe homenagens com fogueiras.

Este ano o mês das tradicionais festas juninas será atípico, os encontros com amigos e familiares para acender e pular a fogueira, não vão acontecer. As quadrilhas, aglomeração e trio pé-de-serra animando que animava a festa, nem pensar.

Todos os locais que serviam de pontos de encontros para pular a fogueira como escolas, associações, igrejas, praças e parques, estão fechados desde o início do distanciamento. Portanto, a ideia é vestir-se a caráter, preparar as guloseimas desta época do ano, pegar o ioiô ou a iaiá mais próxima e cair na animação sem descuidar da saúde.  

Origem das tradições

As festas juninas antigamente chamadas joaninas tiveram origem em Portugal. O festejo é resultante da aglutinação dos cultos pagãos com a data de nascimento do santo católico João Batista, que foi o preparador da vinda de Cristo. Quando os portugueses chegaram ao Brasil em 1500, os jesuítas foram os primeiros a acender fogueiras e tochas para comemorar a festa de São João, na nova colônia.

A novidade foi muito bem aceita pelo povo indígena, pois se identificava com suas danças sagradas realizadas também em torno do fogo. Com o passar do tempo as festas juninas espalharam-se pelo Brasil, sendo comemoradas de norte a sul, e transformarem-se em grandes eventos turísticos.

Segundo a igreja católica, o santo era parente de Jesus Cristo e teria não apenas previsto a chegada do Messias, mas também identificado Jesus como o enviado de Deus, o batizando no rio Jordão. De acordo com a bíblia, João era filho de Zacarias e Isabel, Seu nascimento foi anunciado pelo Arcanjo Gabriel, que pediu para Zacarias batizá-lo de João.

Confira as lives de São João para curtir em casa

Live de São João do Clube do Trabalhador – 16h

Esquadrão do Rei – 16h 

São João de Campina Grande em Casa (Flávio José, Aduílio Mendes, Cascavel e mais) – 17h

Seu Maxixe – 17h

Boi Garantido: Live da promessa – 20h

Chambinho Do Acordeon – 19h30

Sandro DJ – 20h

Fafá de Belém– 20h