Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Victória Sales – Da Cenarium

MANAUS – O programa da TV Cultura do Brasil, “Linhas Cruzadas”, desta quinta-feira, 22, comandado pela jornalista Thaís Oyama e pelo filósofo Luiz Felipe Pondé, vai debater, a partir das 22h, sobre um dos principais pensadores do século XX, Sigmund Freud.

Thaís e Pondé buscam entender as influências intelectuais que ajudavam o psicanalista a formular as teorias. O “Linhas Cruzadas” traz uma reflexão sobre a criação de novos significados para sexo, felicidade, religião e morte. “Não existe nenhuma relação sexual que seja simétrica, que o encaixe seja pleno”, explica Pondé. Questionado sobre pulsão de vida ou pulsão, Luiz afirma que essa pulsão movida por experiências de prazer em vida e ao mesmo tempo a pulsão destrutiva, o objetivo final da pulsão é discussão do eu.

“A felicidade do ser humano não faz parte dos planos da criação”, afirma Thaís. A apresentadora segue afirmando que tudo isso é uma discussão acalorada e que mexe com as bases ideológicas. “A felicidade é essencialmente por natureza efêmera, passageira”, explica Thaís.

Programa

O programa “Linhas Cruzadas” tem como objetivo trazer análises aprofundadas dos fatos do noticiário atual. O programa é exibido todas as quintas-feiras e faz parte da nova faixa de jornalismo da emissora, sendo exibido logo após o “Jornal da Cultura”.

Thaís Oyama

Além de apresentadora, Thaís é jornalista, escritora e já foi editora e redatora-chefe da revista Veja. Oyama já deixou sua marca pela TV Globo, nos principais jornais do Brasil, como Folha de São Paulo e O Estado de São Paulo. Ao contrário do que pensam, Thaís também já passou pelas revistas Marie Claire e República. Ficou conhecida nacionalmente, após a publicação do livro “Tormenta”, o qual a apresentadora mostra as peculiaridades do governo de Jair Bolsonaro.

Luiz Felipe Pondé

Luiz Felipe de Cerqueira e Silva Pondé nasceu em Recife, no dia 29 de abril de 1959. É um filósofo e escritor brasileiro e já escreveu obras como o “Guia Politicamente Incorreto da Filosofia” e sobre marketing existencial. Pondé é colunista da Folha de São Paulo.

Luiz iniciou sua carreira acadêmica e cursou medicina na Faculdade de Medicina da Bahia, mas não chegou a concluir o curso. Em seguida, cursou filosofia na Universidade de São Paulo (USP), o qual fez doutorado na mesma universidade e pós-doutorado na Universidade de Tel Aviv, em Israel.