29 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

MANAUS – A Fundação Nacional do Índio (Funai) realiza, até o dia 9 de dezembro, uma força-tarefa na Coordenação Regional (CR) Alto Solimões, unidade descentralizada do órgão em Tabatinga, estado do Amazonas. A ação vai durar 30 dias e tem o objetivo de oferecer suporte em processos administrativos e contratação de serviços.

O trabalho é resultado de uma visita técnica promovida pela Diretoria de Administração e Gestão da Funai (Dages) à unidade no final de outubro, com o intuito de levantar as principais demandas na área administrativa.

A força-tarefa ocorre em parceria entre a Dages, por meio da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas (CGGP), a Diretoria de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável (DPDS), a CR Alto Solimões e a CR Minas Gerais e Espírito Santo, em articulação com a Coordenação-Geral de Promoção dos Direitos Sociais (CGPDS).

A equipe de servidores também vem prestando apoio na aquisição e planejamento da distribuição de alimentos e kits de higiene às famílias indígenas da região, no contexto da pandemia de covid-19.

“Trata-se de um trabalho importantíssimo de integração entre a Sede da Funai e suas unidades descentralizadas. Neste primeiro momento, essas ações servem para mitigar as dificuldades enfrentadas pelas Coordenações Regionais. Todavia, ações a médio e longo prazo já estão sendo planejadas para sanar de vez essas dificuldades”, destaca o coordenador-geral de Gestão de Pessoas da Funai, Paulo de Andrade Pinto.

Andrade comenta ainda que a atividade conjunta é fruto de uma série de visitas técnicas iniciada em outubro pela Funai para identificar necessidades e otimizar a atuação do órgão nas pontas. “Esta é uma diretriz da Nova Funai: acompanhar mais de perto as unidades descentralizadas, levando em consideração suas particularidades”, ressalta.

A próxima visita técnica deve ocorrer entre os dias 16 e 18 de dezembro. Dessa vez, será contemplada a CR Roraima, localizada em Boa Vista. Outras três CRs já foram visitadas: Centro Leste do Pará, Alto Solimões e Vale do Javari.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.