Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
18 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Danilo Alves – Da Cenarium

BELÉM (PA) – O funcionário da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) Jairo Santos, 33, foi agredido a pauladas por um empresário, identificado como Alexey Benício, na manhã desta quarta-feira, 11, ao tentar realizar o desligamento do serviço de água de um ponto comercial localizado na Avenida Duque de Caxias, no bairro do Marco, em Belém.

Conforme Jairo, o agressor é proprietário da empresa em que os funcionários iriam fazer o corte do serviço. Quando chegaram ao local, foram impedidos de completar o trabalho e uma discussão começou antes da agressão. “Ele começou a me xingar e nós discutimos. Minutos depois, ele foi pra dentro da loja e, em seguida, voltou com um pedaço de madeira e me acertou na cabeça por trás”, disse.

Jairo Santos, 33, contou à reportagem da CENARIUM sobre o ocorrido (Vídeo: Danilo Alves).

Jairo contou, ainda, que os outros colegas e testemunhas partiram para cima do empresário e ele também foi agredido. “A Polícia Militar (PM) foi chamada e logo depois o Samu foi acionado para prestar os primeiros socorros”, completou.

Colega de trabalho de Jairo, Paulo Neris, 34, afirmou que é a segunda vez que Alexey agride funcionários da Cosanpa durante corte no serviço de água. O nome da empresa está no nome do filho do agressor e a conta está há três meses atrasada. “Por ser empresário, ele achava que poderia ser violento com os prestadores de serviço. Na outra vez, ele quase bateu em outro funcionário, mas foi contido pelos colegas”. Veja o momento da briga:

A agressão ocorreu durante a manhã desta quarta-feira (11), na Avenida Duque de Caxias, em Belém (Vídeo: Divulgação/Whatsapp).

De acordo com a Polícia Civil (PC), os envolvidos foram detidos e encaminhados para a delegacia onde prestaram depoimento. Em seguida, encaminhados para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves para realização do exame corpo de delito. O empresário Alexey Benício não quis conceder entrevista à imprensa. Em nota, a Cosanpa informou que está dando apoio ao colaborador agredido e acompanhando a situação.