27 de outubro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Da Revista Cenarium*

MANAUS – O simulador de sobrevivência Green Hell vai ganhar uma versão de Nintendo Switch, no dia 28 de outubro. A informação é da Creepy Jar, desenvolvedora do game, que tem como pano de fundo, a Amazônia.

Além da informação para o portátil, a empresa colocou disponível o período de lançamento do seu primeiro DLC, chamado “Spirits of Amazonia. O conteúdo sairá em três partes, sendo a primeira neste inverno e, as duas seguintes, em 2021.

Green Hell coloca o jogador no meio da selva amazônica, sem comida e ferramentas. Seu objetivo será escapar da floresta se protegendo de inimigos e animais. Seu único trunfo é um rádio, que te colocará em contato com sua amada. Ela te ajudará a superar esta aventura.

O título custará US$29.99, mas se for adquirido antes do lançamento, o comprador receberá 10% de desconto. Green Hell foi lançado no ano passado para Windows e recebeu muitas notas positivas dos fãs.

Green Hell coloca o jogador no meio da selva amazônica, sem comida e ferramentas (Imagem: Divulgação)

Green Hell poderá ser adquirido também com um desconto de 33%. Para conseguir o valor menor, o jogador deverá ter adquirido um dos seguintes títulos para o portátil: Thief Simulator, Hollow, Timberman VS ou Panzer Dragoon: Remake.

O jogo será lançado para Playstation 4 e Xbox One, no primeiro trimestre de 2021.

História do jogo

O jogador é lançado nas profundezas e impenetrável floresta amazônica. O inferno verde. O objetivo é sobreviver nas profundezas de um ambiente de pesadelo usando meios verdadeiramente intuitivos para escapar. Tendo apenas um rádio à sua disposição, você seguirá a voz familiar de um ente querido por esta selva infinita e inóspita, revelando aos poucos como você chegou lá. O que será descoberto será pior do que aquilo contra o qual o jogador lutou tanto para sobreviver.

(*) Com informações do portal Tecmundo

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.