General que ocupava cargo de secretário de segurança no ministério de Moro é exonerado

UOL

SÃO PAULO – O general Guilherme Theophilo Gaspar de Oliveira foi exonerado do cargo de secretário nacional de Segurança Pública, que ocupava no Ministério da Justiça e Segurança Pública desde o ano passado.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje, assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto. Oliveira compunha a equipe de Sergio Moro no ministério. No início da semana, Vladimir Passos de Freitas, também indicado por Moro para o cargo de secretário nacional de Justiça, já havia deixado o governo.

Oliveira compunha a equipe de Sergio Moro no ministério. No início da semana, Vladimir Passos de Freitas, também indicado por Moro para o cargo de secretário nacional de Justiça, já havia deixado o governo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO