Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
Gabriel Abreu e Marcela Leiros – Da Revista Cenarium

MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou na manhã desta terça-feira, 11, que os novos pontos de vacinação contra a Covid-19 serão em supermercados de Manaus. A estratégia inicia na quinta-feira, 13, e faz parte da ação para ampliar a vacinação na capital amazonense neste momento em que o registro de novos casos da doença, e também da infecção pela variante Ômicron, tem aumentado diariamente.

“A partir de quinta-feira, nós vamos colocar pontos de vacinação nos supermercados. A gente já tem 10 supermercados que se colocaram à disposição para que as equipes tanto da prefeitura quanto do Estado estejam lá. Eles vão funcionar de 9h às 20h, para que a gente possa atingir a maior quantidade possível de pessoas”, enfatizou o governador.

O Amazonas chegou nessa segunda-feira, 10, ao total de 22 casos de Ômicron, considerada a variante mais transmissível da Covid-19. O aumento de infectados pela nova cepa surge em meio à grande quantidade de pessoas que não tomaram nenhuma dose da vacina. No Estado, são mais de 100 mil pessoas. Meio milhão de amazonenses não retornaram para tomar a segunda dose do imunizante.

“Ainda há uma preocupação muito grande no sentido de fazer com que todo mundo se vacine. Estamos em um período muito delicado, que é o período chuvoso, em que aumentam significantemente os casos de síndromes respiratórias. A gente tem um sensível aumento na procura de pessoas apresentando Influenza, H3N2, Covid-19. Não temos tantas situações de agravamento, mas é uma situação que nos preocupa”, pontou ainda.

Os endereços dos supermercados que serão novos pontos de vacinação ainda não foram divulgados.

Leia também: Brasileiros enfrentam problemas para emitir Certificado de Vacinação

Transmissão comunitária

Em coletiva de imprensa no Centro de Convivência da Família (CECF) Padre Pedro Vignola, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus, o secretário estadual de Saúde, Anoar Samad, falou sobre os possíveis riscos da transmissão comunitária da variante Ômicron no Estado. A transmissão comunitária ou local é definida quando o contágio entre pessoas ocorre no mesmo território, sem histórico de viagem ou sem que seja possível definir a origem da transmissão.

“Eu disse que a gente poderia retardar a chegada da Ômicron, mas jamais impedir. Não tenho dúvidas nem dados comprovados, mas nos próximos dados teremos uma transmissão comunitária”, disse o secretário.

Carreta Vacina Amazonas

Anoar Samad e Wilson Lima visitaram a Carreta Vacina Amazonas no Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Padre Pedro Vignola. Já foram aplicadas 6.451 doses aplicadas na unidade itinerante de vacinação desde o último dia 5.
 
São aplicadas mais de 1 mil doses por dia, sendo que o maior número de aplicações (1.573) foi registrado no sábado, 8. A Carreta Vacina Amazonas é uma estratégia do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), para levar a vacina cada vez mais perto da população.