Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de julho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Danilo Alves – da Revista Cenarium

A Diretoria Estadual de Combate a Crimes Cibernéticos (Deccc) do Pará já começou a investigar a clonagem cometida no celular do governador do Estado Helder Barbalho (MDB). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Polícia Civil (PCPA). Na última terça-feira (20), Helder publicou no Twitter que havia sido vítima de crime cibernético. É a segunda vez que o aparelho celular do governador é alvo de hackers, segundo a PC. 

Conforme a postagem do próprio governador, o boletim de ocorrência foi registrado após o celular ter sido invadido. “Estou tomando as providências para resolver o problema”, afirma o governador.

Governador publicou em página nas redes sociais sobre o ocorrido. (Foto: Reprodução/ Twitter).

Em maio do ano passado, Helder também postou nas redes que teve o celular invadido por hackers. Na época, ele foi alvo de investigação da Polícia Federal (PF) sobre a compra de 400 respiradores de forma ilícita. Ele postou, na ocasião, que o número havia sido cancelado. A Deccc vai investigar se as duas invasões ao celular do governador possuem ligação, mas o inquérito está sob sigilo.