22 de janeiro de 2021

Com informação da Folha de S. Paulo

SÃO PAULO – O governo de São Paulo criou uma força-tarefa para tratar dos impactos do fechamento da fábrica da Ford em Taubaté, município na região do Vale do Paraíba, em São Paulo.

A secretária de Desenvolvimento Econômico do estado, Patricia Ellen, disse à Folha que se reunirá na terça, 12, com o prefeito de Taubaté, João Saud (MDB), para definir um plano de mitigação dos efeitos do fechamento da fábrica para a cidade.

A força-tarefa, segundo ela, incluirá ainda a Secretaria de Desenvolvimento Regional, o Investe SP (agência de fomento do governo do estado), centrais sindicais e associações representativas.

“O prefeito virá pessoalmente para criarmos um plano de mitigação do impacto para os trabalho”, diz Ellen. “Essa força-tarefa deverá ter ações tipicamente de recolocação de trabalhadores, como cursos de qualificação.”

A fábrica da Ford em Taubaté tem cerca de 830 funcionários que produzem motores e transmissões. A unidade ainda não será imediatamente desativada. Segundo o comunicado da montadora, isso ocorrerá ao longo deste ano.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.