Greta Thunberg cumpre promessa a Arthur Neto e grava vídeo pedindo ajuda no combate à Covid-19 em Manaus

Luana Dávila – Da Revista Cenarium

A ativista sueca Greta Thunberg cumpriu a promessa ao Prefeito Arthur Neto (PSDB) e gravou um vídeo pedindo socorro à Amazônia pelas vítimas da pandemia no novo Coronavírus, que já matou quase 14 mil brasileiros. Greta também pediu ajuda ao combate da doença.“Manaus é a capital do estado do Amazonas no Brasil. É o coração do que você conhece como a Floresta Amazônica”, disse a jovem de 17 anos que se tornou famosa mundialmente pela luta e proteção do meio ambiente no planeta.

A sueca e um grupo de ativistas pediram num vídeo ajuda para a capital amazonense: “Manaus é o epicentro da pandemia de Covid-19 na Floresta Amazônica”, diz o brasileiro João Duccini, 21. Em seguida, a também brasileira Valentina Ruas, 16, afirma: “E o seu sistema de saúde não vai colapsar”, “porque ele já colapsou”, concluiu Amália Garcez, 16.

Treze ativistas de diferentes países, como Brasil, Irlanda do Norte, Nova Zelândia, Portugal e Suécia, participaram da gravação. Em português, todos, incluindo Greta, concluem com a mensagem: “salvem a Amazônia”.

O vídeo será distribuído para a imprensa nacional e internacional, para chefes de Estado e líderes mundiais.

Em resposta à boa vontade de Greta, o Prefeito Arthur Neto comentou. “Hoje, tive resposta ao meu pedido de ajuda feito à sueca Greta Thunberg, grande ativista da causa ambiental. Manaus e o Amazonas enfrentam momentos difíceis durante essa pandemia da Covid-19. Por isso, o apoio e a influência global dela vêm em hora oportuna, porque a crise já coloca em risco a vida dos protetores da nossa floresta, os nossos indígenas”, destacou.

“Eu agradeço, de coração, o retorno que recebi de Greta e adianto que formalizarei uma nova carta, para alinharmos estratégias e unirmos esforços no combate ao novo Coronavírus, não só pela nossa cidade, mas por toda a Amazônia”, disse o prefeito.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO