Justiça do PA aceita pedido do MPF para que paciente com epilepsia receba remédio à base de canabidiol

Com informações da assessoria

PARÁ – A Prefeitura de Tucuruí, no Pará, informou este mês à Justiça Federal que entregou medicamento à base de canabidiol a uma moradora do município que sofre de epilepsia generalizada.

A entrega foi feita em cumprimento a decisão judicial favorável a pedidos do Ministério Público Federal (MPF).

O MPF ajuizou a ação porque nenhum dos medicamentos disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS) foi efetivo para o controle dos episódios convulsivos da paciente.

Controle dos sintomas 

Segundo laudo médico, o medicamento com canabidiol é imprescindível para o controle das convulsões.

No entanto, o produto é de alto custo. A família, que vive de benefício social, não tem condições de comprá-lo e solicitou a atuação do MPF por meio da internet, em www.mpf.mp.br/mpfservicos .

O canabidiol é uma substância não psicoativa produzida pela planta Cannabis sativa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO