Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

MANAUS – A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) esclareceu, nesta segunda-feira, 22, que 200 projetos do Edital Prêmio Manaus 2021 – Zezinho Corrêa terão isenção no Imposto de Renda (IR). A isenção do IR se dará para valores abaixo de R$ 2 mil, que não são tributados, logo os prêmios de 1,9 mil são isentos. As inscrições estão abertas até o dia 3 de maio. Até a última sexta-feira, 19, foram apresentados 62 projetos para o edital, cujo prêmio vai contemplar até 350 propostas, em um investimento total de mais de R$ 1 milhão de reais aos artistas afetados pela crise do novo coronavírus.

O nome do prêmio é uma homenagem ao cantor Zezinho Corrêa, morto no dia 6 de fevereiro deste ano, vítima da Covid-19. O prêmio tem o objetivo de abarcar o maior número de proponentes e, para que isso ocorra, cada participante do certame poderá se inscrever em apenas um projeto por segmento artístico. No caso de um artista inscrever mais de um projeto em categorias distintas, a inscrição anterior será desconsiderada e terá validade apenas a última proposta realizada.

O diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, informou que o edital Zezinho Corrêa pretende atender artistas que não foram contemplados pela Lei Aldir Blanc, para a qual os artistas populares são o principal alvo.

“Conforme a orientação do prefeito David Almeida, construímos um edital simplificado e altamente democrático, com caráter social e humanitário para atender o máximo de artistas que passam por um momento difícil e não conseguiram ser classificados nos editais anteriores”, esclareceu o presidente da Manauscult.

Menos burocracia

O diretor de Cultura da Manauscult, Jonathan Ribeiro, afirmou que o edital diminui a burocracia e simplifica o acesso a artistas que não dominam bem a plataforma digital e como muitos artistas populares não dominam a Internet foi  criado um tutorial para facilitar que esse público não possua dificuldade para se inscrever no Prêmio Manaus 2021 – Zezinho Corrêa.

“Vamos atender o maior número de artistas com a simplificação da burocracia e orientação aos artistas, para que tenham acesso direto aos recursos, sem intermediários. Outra novidade deste edital é a questão do saneamento documental, pois esse item eliminou mais de 60% dos projetos da edição anterior, e agora passa a oportunizar a correção de eventuais falhas detectadas no processo, que nos editais passados era de caráter eliminatório”, explicou Ribeiro.

Inscrição

Os trabalhadores da cultura interessados em inscrever seus projetos devem consultar o edital e preencher os formulários online disponíveis no portal Viva Manaus (vivamanaus.com), na página de Editais, ou pelo link direto bit.ly/premiozezinhocorrea.

Mais orientações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected]

Podem participar pessoas físicas e jurídicas, que sejam residentes em Manaus. Cada participante poderá inscrever apenas um projeto, assim como o proponente que apresentar sua inscrição como pessoa física não poderá apresentar outra como pessoa jurídica.

Segmentos

O edital Prêmio Manaus 2021 Zezinho Corrêa representa um investimento total de R$ 1.005.500, divididos em nove segmentos artísticos: artes visuais, audiovisual, circo, dança, hip hop, literatura, manifestações culturais, música e teatro, com conteúdos em lives (shows), vídeos, e-books, podcasts e cursos (oficinas) com valores em faixas de R$ 1,9 mil, R$ 3,7 mil, R$ 4,6 mil, R$ 5 mil e R$ 6 mil que vão beneficiar 350 artistas.