Levantamento aponta que 46% dos consumidores da Região Norte têm três ou mais cartões de crédito

Fábio Leite – Da Revista Cenarium

MANAUS – O cartão de crédito é sinônimo de poder de compra e de dívidas. Uma pesquisa realizada pelo Serasa eCred sobre o Uso de Cartões de Crédito aponta que 46% dos consumidores nortistas têm três ou mais cartões de crédito, dados que ligam um sinal de alerta sobre as finanças das famílias.

De acordo com a pesquisa, na Região Norte o consumidor que tem cinco ou mais cartões de crédito representa 23% dos consumidores, assim como quem tem três cartões, 22% tem dois cartões, 20% tem quatro cartões e 12% apenas um. “A população pode estar solicitando mais cartões para pagar contas que não consegue quitar por outros meios de pagamento à vista”, afirmou Rapouzo.

Levantamento aponta que 46% dos nortistas têm mais de três cartões de crédito (Divulgação/Serasa)

Realizada entre os dias 18 a 20 de abril, a pesquisa do Serasa eCred ouviu 3.751 pessoas que tiveram cartão aprovado pela plataforma Serasa eCred nos últimos 90 dias. Na Região Norte, 244 pessoas foram entrevistadas.

Alimentos lideram ranking gasto no cartão

O estudo mostrou ainda que o uso do cartão de crédito serve, principalmente, para as compras de supermercado e alimentação. “A pesquisa mostra a relevância do cartão de crédito na vida econômica dos brasileiros, mas, ao mesmo tempo acende o alerta sobre os riscos da inadimplência”, destacou a gerente do Serasa eCred, Amanda Rapouzo.

Os dados apresentados pela pesquisa sobre a Região Norte demonstram ainda que, 18% dos consumidores utilizam o cartão de crédito para compras de supermercado e alimentação, cada, outros 15% assinalaram farmácia, 10% para roupas, 9% para viagens e móveis, cada, e para pagamento de boletos 8%.

Consumidor gasta mais com supermercados e alimentos (Divulgação/Serasa)

A especialista Amanda Rapouzo orienta os usuários que possuem cartões de crédito a realizarem análise da vida financeira e reorganizar todos os seus gastos para evitar a inadimplência.

Veja dicas para evitar ou sair da inadimplência:

Leia o estudo na íntegra:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO