Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
24 de outubro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Carolina Givoni – Da Revista Cenarium

MANAUS – Um levantamento feito pela REVISTA CENARIUM nesta segunda-feira, 22, analisou dados do Boletim Epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), comparando o dia 22 de junho com o dia 22 de maio, um dos meses com mais incidências de casos do novo coronavírus no Estado.

Em 22 de maio, o Amazonas registrou a marca de 1.155 internações por Covid-19 no acumulado, sendo 785 em leitos clínicos e 370 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o início da pandemia. Um mês depois, o número caiu para 557 pacientes, representando o percentual de 48% de queda, agora com 370 pacientes em leitos clínicos e 187 em UTI.

Nos demais índices, o Estado registrou mais 321 casos de Covid-19, sendo 19 casos novos detectados por exame de biologia molecular RT-PCR e 302 por testes rápidos, com data de sintomas entre oito a 60 dias, todos por testes rápidos, totalizando 63.731 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim epidemiológico consolidado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

O boletim informa ainda que foram confirmados mais 14 óbitos pela doença, dos quais cinco ocorridos nas últimas 24 horas, todos de pacientes que estavam internados em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), e nove que tiveram confirmação diagnóstica na data de hoje, elevando para 2.671 o total de mortes. Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus deste domingo, 21, foram registrados 28 sepultamentos, três óbitos domiciliares e nenhuma cremação.

Ao todo, 51.642 pessoas já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença. O boletim aponta ainda que 9.418 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Internações

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 316 pacientes internados, sendo 218 em leitos clínicos (18 na rede privada e 200 na rede pública) e 98 em UTI (26 na rede privada e 72 na rede pública).

Há ainda outros 241 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 152 estão em leitos clínicos (15 na rede privada e 137 na rede pública) e 89 estão em UTI (16 na rede privada e 73 na rede pública).

Notificação

A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até as 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 68.292 casos, enquanto no interior do estado o número chega a 74.850.

As notificações são realizadas pelas vigilâncias epidemiológicas dos municípios, por meio de sistema de informação de saúde, e repassadas para a FVS-AM, que consolida os dados. Os casos notificados são confirmados ou descartados, futuramente, por exame laboratorial ou testes rápidos.

Nesta edição, todos atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados deste boletim.

Municípios

Dos 63.731 casos confirmados no Amazonas até esta segunda-feira (22/06), 25.153 são de Manaus (39,47%) e 38.578 do interior do estado (60,53%).

Além da capital, 60 municípios têm casos confirmados: Coari (3.313); Manacapuru (3.090); Tefé (2.959); São Gabriel da Cachoeira (2.553); Parintins (2.285); Benjamin Constant (1.414); Itacoatiara (1.340);  Tabatinga (1.267); Iranduba (1.203); Santo Antônio do Içá (970); Careiro Castanho (894); Autazes (872); Presidente Figueiredo (862); Maués (858); Barcelos (818); Rio Preto da Eva (625); São Paulo de Olivença (596); Boca do Acre (583); Anori (566); Barreirinha (528); Tapauá (512); Humaitá (511); Alvarães (505); Itapiranga (483); Fonte Boa (472); Carauari (458); Uarini (429); Atalaia do Norte (424); Borba (395); Tonantins (382); Nova Olinda do Norte (381); Beruri (374); Novo Aripuanã (368); Amaturá (363); Lábrea (363); Eirunepé (347); Urucará (347); Urucurituba (339); Anamã (263); Guajará (259); Jutaí (241); Itamarati (223); Japurá (221); Pauini (216); Novo Airão (207); Manaquiri (203); Maraã (190); Juruá (186); São Sebastião do Uatumã (178); Manicoré (153); Silves (152); Boa Vista do Ramos (151); Caapiranga (137); Santa Isabel do Rio Negro (137); Nhamundá (132); Codajás (117); Canutama (65); Careiro da Várzea (65); Apuí (30) e Ipixuna (3).

Envira é o único município do Amazonas sem casos confirmados de Covid-19.

Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 1.719 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 952. A lista inclui Manacapuru (123); Coari (77); Tefé (76); Parintins (71); Tabatinga (70); Itacoatiara (52); São Gabriel da Cachoeira (43); Iranduba (35); Maués (30); Autazes (27);  Benjamin Constant (27); Barcelos (20); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (19);  Santo Antônio do Içá (18); Borba (17).

Os demais como Fonte Boa (16); São Paulo de Olivença (16); Tonantins (14); Careiro Castanho (13); Jutaí (13); Rio Preto da Eva (12); Alvarães (12); Anori (9); Boca do Acre (9); Manaquiri (9); Amaturá (8); Novo Aripuanã (8); Barreirinha (6); Beruri (6); Carauari (6); Uarini (6);  Novo Airão (5); Itapiranga (5); Nhamundá (5); Humaitá (5); Silves (4); Urucará (4); Careiro da Várzea (4); Manicoré (4); Caapiranga (4); Tapauá (3); Codajás (3); Lábrea (3); Boa Vista do Ramos (2); Maraã (2); Urucurituba (2); Santa Isabel do Rio Negro (2); Japurá (1); Atalaia do Norte (1); Guajará (1); Itamarati (1); São Sebastião do Uatumã (1) e Pauini (1).

Outros 247 óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) estão sendo acompanhados. Dentre estes, 212 estão em investigação epidemiológica e 35 aguardando resultado laboratorial. Ao todo, 330 foram descartados para o novo coronavírus. 

Serviço disponível

 A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, em parceria com a Universidade de Estado do Amazonas (UEA), reforça a disponibilidade de forma gratuita por meio do aplicativo Sasi de esclarecimentos à população acerca da prevenção e cuidados sobre a Covid-19.

O app pode ser baixado em lojas de aplicativos. Também está disponível o serviço de call center pelo (92) 3090-1902, com oferecimento de atendimento especializado nas áreas médica, psicológica, farmacêutica e de enfermagem para ajudar a população. Mais informações podem ser encontradas nos sites www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e www.saude.am.gov.br/painel/corona.