Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
19 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da assessoria

MANAUS – Uma iniciativa comunitária, liderada por mulheres negras, abre as portas de uma casa no bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus, para cursos profissionalizantes, aulas de reforço e atividades de saúde e bem-estar. É a Casa Popular do São Raimundo, que inaugura às 19h desta sexta-feira, 19, com um aulão de zumba.

Liderado pela comunitária Patrícia Andrade, o projeto também será um espaço de acolhimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social. A solenidade de abertura da casa ocorrerá no Dia da Consciência Negra, neste sábado, 20/11, a partir das 12h, quando será oferecida uma feijoada ao preço de R$15. O recurso arrecadado será utilizado para melhorias na estrutura do local.

Moradora de longa data do bairro, Patrícia defende que a iniciativa seja um fator de fortalecimento comunitário, no qual os moradores encontrem a oportunidade de desenvolvimento pessoal e profissional. “Visamos a uma transformação através da união coletiva, pois as mulheres precisam de empoderamento, apoio e acolhimento para conseguir enfrentar os desafios que hoje são muitos”, destacou.

Já na noite desta sexta, a primeira atividade, a zumba, será comandada pelo filho de Patrícia, o professor André Andrade. No domingo (21), terá início um curso de maquiagem básica. Já na terça-feira, 23/11, começa o curso de maquiagem profissional, com programação até 1º/12.

A Casa Popular do São Raimundo fica na Rua Virgílio Ramos, nº 59, no São Raimundo, próximo à Escola Estadual Marquês de Santa Cruz.