Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
26 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Thiago Fernando – Da Revista Cenarium

Após a Petrobras anunciar, nessa sexta-feira, 19, mais um aumento no preço da gasolina comercializada nas refinarias, o litro do combustível deve ser reajustado nos postos de Manaus (AM), chegando próximo aos R$4,70. Segundo especialistas, além da mudança no valor para o comerciante primário, outro fator que contribuirá para essa alta será a volta do comércio manauara.

Neste sábado, 20, a equipe da REVISTA CENARIUM detectou uma grande variação no preço do litro da gasolina após realizar uma pesquisa nos postos de combustíveis da Zona Sul de Manaus. O menor preço encontrado foi R$3,99, enquanto o litro com o maior valor foi de R$4,25.

A REVISTA CENARIUM detectou uma grande variação no preço do litro da gasolina (Thiago Fernando)

Questionado sobre a variação constante nos postos, o vice-presidente do Sindicato dos Postos de Combustíveis do Amazonas (Sindcam), Geraldo Dantas, informou que esse fenômeno é resultado da demanda pelo produto.

“Quem manda no mercado de combustível é a população. Quando não tem vendas, o empresário é obrigado a diminuir os preços para cobrir os prejuízos. Então, essa queda que houve na última semana é normal. O objetivo é retomar as vendas”, explicou Dantas.

“O empresário prefere até renunciar ao lucro para ter fluxo de caixa. No entanto, quando um posto baixa o preço, os demais também são obrigados a diminuir os valores para conseguirem concorrer. Essa queda foi na contramão das altas da Petrobras. Nos próximos dias, os empresários vão aumentar os preços”, acrescentou o empresário.

Efeitos da Pandemia

Sobre a recessão do setor durante a pandemia da Covid-19, Dantas afirmou que os postos de Manaus tiveram uma queda de 30% nas vendas. Esse movimento de volta do mercado pode ajudar na recuperação do setor, todavia, a população ainda pode aproveitar as promoções que estão sendo realizadas para economizar na hora de reabastecer o veículo.

Postos localizado na Cachoeirinha, Zona Sul, estão realizando promoções neste final de semana (Thiago Fernando)

“O consumidor tem que aproveitar essas promoções para abastecer e conseguir economizar, porque os preços serão reajustados em breve. Quando estava no auge da pandemia, não tinha movimento. No Brasil, o empresário é livre para define o preço dos combustíveis. Levando em consideração o preço base de R$4,49, acredito que o preço deve ir para R$4,62 ou R$4,69”, concluiu.