Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de julho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Danilo Alves – Da Revista Cenarium

Mais de 150 toneladas de minério já foram apreendidas pela Polícia Federal do Pará (PF-PA), nos últimos seis meses de 2021. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da PF. O último caso ocorreu nessa quarta-feira, 14, quando em uma fiscalização apreendeu 20 quilos de manganês na rodovia BR-155, no município de Marabá, interior do Pará. 

Os agentes apreenderam um caminhão bitrem transportando o minério sem documentação. A ocorrência policial foi apresentada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O motorista do veículo, um homem de 42 anos, foi detido e responderá por receptação. 

O caminhão bitrem estava carregado com minério sem documentação. (Foto: Divulgação)

Conforme a assessoria de comunicação da PF, o veículo foi abordado no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante abordagem de rotina.

O motorista do veículo apresentou aos agentes uma documentação declarando o transporte de “pó de brita”, entretanto com a vistoria da carga foi possível identificar que havia, na verdade, de minério, possivelmente manganês.

O material apreendido foi levado para perícia na Superintendência da PF em Belém (Foto: Divulgação)

O motorista, um homem de 42 anos de idade, declarou que receberia R$ 600,00 pelo transporte da carga de Eldorado dos Carajás, até o posto de combustível subsequente ao posto de fiscalização da PRF. Após a análise dessa documentação, o caso foi apresentado à Delegacia da Polícia Federal em Marabá.

Após realizado os devidos procedimentos, o motorista foi encaminhado para a Secretaria de Administração Penitenciária, onde ficará à disposição da Justiça. O suspeito responderá pelo crime de Transporte de matéria-prima pertencente à União sem a devida licença e falsidade ideológica. 

Em maio, no município de Redenção, também no sudeste do Pará, duas carretas carregadas com cerca de 100 toneladas de minério de manganês no posto fiscal da Secretaria de Fazenda em Conceição do Araguaia, na divisa com o Estado do Tocantins. A operação policial constatou e irregularidade na documentação exigida para o transporte do minério.