Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium*

MANAUS – Em 2020, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) registrou um aumento de 184% no número de casos de dengue em Manaus. De acordo com dados divulgados pela Semsa, foram registrados 769 casos até o dia 3 de dezembro, enquanto em todo o ano de 2019, o total somava 271. Para orientar a população sobre a prevenção da doença a Prefeitura de Manaus promoverá uma semana de Combate aos Aedes Aegypti.

A programação ocorre de 14 a 18 de dezembro e tem como foco chamar a atenção da população para que se elimine os criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. As atividades serão executadas pela Semsa em parceria com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).

A campanha tem como slogan “Combater o mosquito é com você, comigo, com todo mundo”, onde destaca a importância do envolvimento de cada pessoa, empresa ou instituição no combate à proliferação do Aedes aegypti.

Segundo o secretário da Semsa, Marcelo Magaldi, todos podem colaborar no combate ao Aedes, executando medidas simples na própria residência ou local de trabalho.

“Como tampar camburões, caixas d’água e outros recipientes que guardam água e contribuem para a proliferação do mosquito. Também podem manter o terreno livre de objetos que armazenam água, como garrafas, e limpar sempre as calhas e ralos”, pontou Magaldi.

Os profissionais da Secretaria de Saúde vão orientar a população sobre a utilização da estratégia do “Check list – 10 minutos de combate ao Aedes”, em que uma vez na semana é possível fazer uma varredura em casa em apenas 10 minutos, com limpeza necessária para eliminação de recipientes com água parada, que servem como criadouro do mosquito.

Programação

A abertura da Semana de Combate ao Aedes aegypti terá início nesta segunda-feira, 14, com um seminário organizado pela FVS-AM. Entre os dias 15 e 18, a Semsa irá atuar nas zonas Norte, Sul, Leste e Oeste, em locais como o minishopping Compensa; as feiras do Coroado e da Nova Cidade; na rotatória do conjunto Francisca Mendes; além de blitze em ruas e avenidas da cidade.

O encerramento será no dia 18, com uma carreata informativa circulando próximo ao minishopping Compensa, PAM da Codajás, feira do Coroado e rotatória do Francisca Mendes.

Redução

Em relação a outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti houve uma queda nos casos registrados. Segundo a Semsa os casos confirmados de zika este ano chegaram a 47, apresentando uma redução de 11,3%, em comparação com o total registrado no ano passado.

Já em relação aos casos confirmados de chikungunya, houve o registro em Manaus de quatro casos este ano, mostrando uma redução de 90,9% em relação a 2019, quando houve um total de 44 confirmações da doença, de acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan_NET e Sinan_Online).