Ministério Público do Amazonas avalia pedir cancelamento do show de Whindersson Nunes em Manaus

Marcela Leiros – Da Revista Cenarium

MANAUS – Após o Governo do Amazonas multar os responsáveis pelo show do cantor Gusttavo Lima em Manaus, nessa quarta-feira, 8, o Ministério Público do Estado (MP-AM) avalia ingressar com um pedido, na Justiça, para barrar o show do comediante e youtuber Whindersson Nunes, marcado para acontecer neste sábado, 11, na Arena da Amazônia, na zona Centro-Oeste da capital amazonense. A informação foi apurada pela equipe de reportagem da REVISTA CENARIUM.

A expectativa é que o evento com Whindersson reúna mais de 30 mil pessoas. A análise de restringir shows do youtuber ocorreu após a descoberta da variante do novo coronavírus, a Ômicron, uma nova cepa, cuja letalidade não se tem informações, mas já está comprovado que a variante tem um alto grau de contaminação.

Como medida preventiva, o Comitê Intersetorial de Combate à Covid no Amazonas definiu, ontem, 8, o número de até 3 mil participantes por show no Estado, mas a programação de Whindersson Nunes foi marcada há mais de um mês.

“Verificamos que houve omissão da segurança sanitária no show anterior (do cantor Gusttavo Lima) e não podemos correr novo risco. Existe uma nova variante que está rodando o mundo e não temos o controle sobre ela, mas temos o poder de prevenir novas negligências”, explicou uma fonte do MP-AM à CENARIUM.

Aglomeração de milhares de pessoas no show do cantor Gusttavo Lima da empresa Fábrica de Eventos (Instagram)

Nessa quarta-feira, 8, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), veio a público informar que a empresa responsável, Fábrica de Eventos, seria punida pela falta de cuidados sanitários com os participantes com o evento do cantor Gusttavo Lima que ocorre no último dia 4 de dezembro.

De acordo com ele, a empresa descumpriu com os protocolos de enfrentamento à Covid-19. Imagens registraram no show a falta de distanciamento social e ausência do uso de máscaras por parte da população.

Wilson Lima também informou que o evento que vai acontecer na Arena da Amazônia, com o humorista Whindersson Nunes, está sendo monitorado para garantir as medidas de seguranças, sendo sujeito à multa, caso aconteça o descumprimento dos protocolos de saúde.  

Covid-19 sob controle

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) reafirmou, ontem, que os casos de Covid-19 no Amazonas estão sob controle.  

Segundo a FVS, a possível mudança de escore da Covid-19, no Amazonas, de baixo risco (fase amarela) para risco moderado (fase laranja) está relacionada ao aumento de outros casos de gripe, não ligados ao novo coronavírus.

A taxa de ocupação hospitalar para Covid-19, em leitos clínicos, é considerada baixa, 16,05%, segundo a FVS/RCP. O cálculo de risco para pandemia é realizado com base na evolução de doenças inseridas no grupo de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que entre elas, está a Covid-19.

Hoje, o Amazonas está com 70% da “população vacinável” imunizada com até a segunda dose da vacina contra Covid-19. Atualmente, o Governo do Amazonas realiza uma nova campanha de megavacinação contra o novo coronavírus com pessoas acima de 12 anos.

Leia mais: Fase de risco para Covid-19 no AM está ligada a outros casos de gripe; taxa de ocupação de leitos clínicos é de 16%

Whindersson Nunes

A situação dramática dos hospitais de Manaus, que ficaram sem oxigênio para atender os pacientes em virtude do aumento de casos de coronavírus, em janeiro deste ano, alarmou Whindersson Nunes, um dos primeiros artistas em nível nacional a fazer campanha pela cidade.

Ele realizou dois momentos de doações. Primeiro, começou com 20 cilindros e depois chegou até a 217 cilindros de oxigênio para atender pacientes da rede pública de saúde no início deste ano.

“Providenciando 20 cilindros de 50 litros de oxigênio para distribuir nas unidades mais urgentes em Manaus. Alô, meus amigos artistas. Na hora de fazer show, é tão bom quando o público nos recebe com carinho, né? Vamos retribuir?”.

Whinderson compartilhou tuíte em suas redes sociais. (Reprodução)

O influenciador digital compartilhou, na época, nas suas plataformas as informações de como era possível fazer doações a Manaus. A campanha S.O.S AM – A Saúde Precisa da Nossa Ajuda divulgada por ele mobilizou um grande número de integrantes da classe artística do Brasil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO