Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de outubro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Mencius Melo – Da Revista Cenarium

Manaus, uma das cidades mais afetadas pelo novo Coronavírus, está diante de uma difícil decisão. Devido os números alarmantes, o Ministério Público do Amazonas (MP-AM), impetrou Ação Civil Pública nesta terça-feira, 05, pedindo que a Justiça determine ao Governador Wilson Lima (PSC) e ao Prefeito Arthur Neto (PSDB) a adoção, em um prazo de 24 horas, do lockdown por dez dias. Em descumprimento, a multa diária é de R$100 mil reais.

Explosão de casos da Covid 19 é a motivação

Com a atualização dos números, o Amazonas registrou 867 casos de Covid-19 em 24 horas. São 867 novos registros, numa escalada quase triplicada. Soma-se a isso, a insistência da população em permanecer nas ruas, agravando o quadro de contaminação. O que está levando a rede pública de saúde, ao estrangulamento.

Já são 94% dos leitos estão ocupados, segundo o documento do Ministério Público. O documento ainda cita o lamentável enterro de “corpos empilhados…” e a notória crescente subnotificação de mortes por insuficiência respiratória. O quadro coloca Manaus com 59,24% dentre os 8.109 casos registrados. O número evidencia um quadro de descontrole da situação.