25 de fevereiro de 2021

Com informações do Globo.com

A Moto Honda da Amazônia anunciou, hoje, que vai suspender a produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus (PIM) até o dia 4 de fevereiro. A multinacional afirmou que a decisão deve-se ao agravamento da pandemia no Amazonas e seu impacto na cadeia de fornecedores de insumo. Há informações de que cerca de 300 funcionários da empresa também foram infectados pelo novo coronavírus.

Segundo o comunicado da empresa, a retomada da produção depende ainda da avaliação do cenário dos impactos da pandemia. “A retomada está prevista para 4 de fevereiro, desde que as condições necessárias sejam atendidas. Durante esse período, os colaboradores das áreas administrativas e produtivas entram em férias coletivas, permanecendo um contingente mínimo de pessoas para a realização de atividades essenciais”, diz o comunicado.

A Moto Honda também destacou que está contribuindo em diversas ações no combate à pandemia.

“Recentemente, em caráter emergencial, a empresa doou 454 cilindros de oxigênio para o Estado do Amazonas e seguirá empenhada na recarga e reabastecimento dos mesmos. A rede de concessionárias de todo o país uniu-se a essa mobilização para ampliar o volume disponibilizado ao sistema de saúde local. Além disso, a Honda realizou a doação de 20 mil máscaras do tipo faceshield.”

A empresa informou, ainda, que “está adotando todas as medidas possíveis para preservar a saúde e segurança das pessoas e minimizar os impactos da pandemia em sua cadeia de valor, bem como inconvenientes ao consumidor, que pode ser afetado pela indisponibilidade de produtos”.