Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
21 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
Marcela Leiros – Da Revista Cenarium

MANAUS – A promotora de Justiça do Amazonas Simone Martins Lima, de 52 anos, e o Ministério Público do Estado (MPE) divulgou, nesta quarta-feira, 5, uma homenagem pelo falecimento precoce da manauara, vítima de afogamento no último dia 31. Na nota, o órgão relembrou que a vida de Simone foi pautada na Justiça e na defesa da sociedade contra crimes, principalmente dos “infantes amazonenses”.

“Por seu exemplo de luta, competência e zelo profissional, Simone Martins Lima deixou um legado de disciplina e honorável demonstração de unidade institucional, notadamente demonstrados durante a realização do lançamento da campanha de Combate ao Trabalho Infantil, promovida, dentre outras, por este Ministério Público”, disse o documento.

Simone foi delegada de polícia e ingressou no MP-AM aos 29 anos, em 19 de julho de 1998, exercendo o cargo de promotor de Justiça substituto. No cargo, atuou nos municípios de Canutama, Humaitá, Silves, Itacoatiara, Coari, Manacapuru, Lábrea, Apuí e Tapauá.

Simone foi promovida pelo critério de antiguidade (ato PGJ n.º 262/2019) para o cargo de promotora de Justiça de Entrância Final, titular da 103ª Promotoria de Justiça Especializada em Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, onde exercia suas atribuições até os dias atuais. Atuou, também, por designação, em inúmeras Promotorias de Justiça das áreas criminais e cíveis de Manaus.