Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
16 de setembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da Revista Fórum

ESPANHA – O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) recebe neste sábado, 11, uma premiação na Espanha em razão da luta pelos direitos humanos. O movimento levou o prêmio “Acampa – Pola Paz e Dereito a Refuxio” em votação popular.

“Para mim, é uma alegria imensa cumprir a tarefa de receber esse prêmio de reconhecimento ao MST. É muito importante ouvir entre as reflexões, que o modelo de desenvolvimento adotado pelo sistema capitalista tem colocado o mundo em colapso, mas que o MST se coloca como alternativa e esperança”, disse Marina dos Santos, diretora do MST.

Maria foi à Corunha, na Espanha, receber a premiação da Rede Acampa. Um dos organizadores do prêmio, Alfonso Vázquez González, disse que que o MST é uma referência na defesa dos Direitos Humanos, enquanto uma das maiores organizações sociais mobilizadas em todo o mundo. “Considero pela grandiosidade das pessoas que ele [MST] chega, chega às pessoas com menor recurso econômico”, afirmou.

Isso é destacado por Marina Costa ao comentar sobre a atuação do movimento durante a pandemia de Covid-19. “[O MST] está preocupado com a natureza, com as relações sociais, com a construção da democracia, com a dignidade das pessoas e a solidariedade”, disse.

“Esse prêmio de reconhecimento se estende a todas às famílias que lutaram, que lutam, que garantiram a resistência ativa, que atuaram na defesa da vida”, completou, lembrando das 585 mil vidas perdidas durante a pandemia. Além do MST, será premiado o ativista Nicanor Acosta na categoria local.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.