Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
22 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações do Terra

A Organização Mundial da Saúde (OMS) precisa ser fortalecida com mais financiamento e uma capacidade maior de investigar pandemias por meio de um novo tratado, disse uma comissão independente nesta segunda-feira antes de uma conferência de ministros da Saúde na semana que vem.

Os esforços para acabar com a pandemia de Covid-19 são irregulares, fragmentados e marcados por um acesso limitado a vacinas em países de baixa renda, enquanto os “saudáveis e abastados” dos países ricos recebem doses de reforço, disseram os especialistas de alto nível em sua análise mais recente.

As copresidentes da comissão, a ex-primeira-ministra neozelandesa Helen Clark e a ex-presidente liberiana Ellen Johnson Sirleaf, reiteraram um apelo por reformas urgentes. Entre elas estão um novo financiamento de ao menos 10 bilhões de dólares por ano para a prontidão pandêmica e negociações para um tratado pandêmico global.

Em maio, a comissão avaliou como a OMS e países-membros lidaram com a pandemia e disseram que um novo sistema de reação global deveria ser criado para que nenhum vírus futuro possa causar uma pandemia tão devastadora.

“Existe progresso, mas ele não é rápido ou coeso o suficiente para acabar com esta pandemia em todo o globo no futuro imediato ou evitar outra”, disse a comissão no relatório.

Segundo relatos, mais de 257 milhões de pessoas já foram infectadas pelo coronavírus SARS-CoV2 e 5,4 milhões morreram desde que os primeiros casos foram identificados no centro da China em dezembro de 2019, de acordo com uma contagem da Reuters.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.