Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
17 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Priscilla Peixoto – Da Revista Cenarium

MANAUS – Às 15 horas e 15 minutos da última sexta-feira, 30 de abril, nasceu a pequena Marina Oliveira Moura Motta, a nova manauara, nascida na zona Sul da cidade, é a caçula do radialista Patrick Motta e da Jornalista Flávia Moura. Com 3,863 quilogramas e medindo 51 centímetros, a princesa da família nasceu de parto cesário.

A irmãzinha mais nova do pequeno Fernando Neto de dois anos veio ao mundo esbanjando saúde e inspirando sorrisos dos familiares e amigos de Patrick e Flávia, casados há sete anos. “Além do Fernando Neto, fruto da minha união com Flávia, eu já sou pai de quatro filhos, graças a Deus, e com a chegada de Marina estamos com uma sensação de renovação, de vida nova. Estamos muito felizes”, comemora Patrick.

De acordo com o “papai coruja” a escolha pelo o nome Marina foi uma ideia da mamãe Flávia, que decidiu homenagear a avó materna que também se chamava Marina”, conta o pai.

O nome Marina é uma homenagem para a bisavó materna (Reprodução/Arquivo Pessoal)

Cuidados e pandemia

O nascimento de um filho é um momento mágico e idealizado pelos pais que aguardam ansiosos para conhecer o mais novo membro da família. Em tempos de pandemia, o momento, que já é delicado, acaba exigindo ainda mais cuidados e medidas de proteção para a mãe e o bebê.

Foi o que fez o casal, que relata os cuidados redobrados que adotaram durante toda a gestação de Flávia. “A gente ficou muito preocupado. Ter filhos em uma situação como essa, exige um esforço a mais, tanto em relação aos protocolos de segurança nos hospitais e maternidades quanto ao cotidiano das grávidas. Na verdade, as mulheres são orientadas a não ter filhos neste período, então imagine a tensão”, conta o radialista.

Em meio aos cuidados, Flávia grávida decidiu se resguardar. De acordo com o casal, o distanciamento social, o não receber visitas em casa, e o pré-natal mais rigoroso foram fundamentais para auxiliar na preservação da segurança da família e para a chegada saudável de Marina.

“Confesso que mesmo tomando todos os cuidados, a preocupação de saber se a chagada seria saudável, tanto para filha quanto para mãe era uma realidade. Mas agora estamos mais tranquilos e continuaremos com as precauções. Por hora, sem visitas de familiares ou amigos, infelizmente. É para o bem e saúde de todos. Marina é vida em meio aos tempos difíceis”, ressalta.

Marina é a caçula da família e já esbanja fofura e beleza (Reprodução/Arquivo Pessoal)

Relembrando

Com quase trinta anos de experiência na comunicação, o radialista Patrick Motta já atuou em vários veículos de comunicação locais. Apaixonado por rádio, o profissional começou a carreira aos 17 anos e hoje é dono de uma das vozes e dos nomes mais conhecidos da rádio amazonense.

Patrick, inclusive, já dividiu bancada com a jornalista e diretora da REVISTA CENARIUM, Paula Litaiff, na apresentação de um programa de rádio diário intitulado “Diário da Manhã”, transmitido pela Rádio Diário 95,7 FM. O programa matinal pertencente ao Grupo Diário de Comunicação (GDC) vai ao ar das 7h às 9h e também é transmitido pela Record News Manaus, canal 27.1 aberto e pela NET canal 78, juntamente ao portal D24AM.

Atualmente, sem a antiga parceira de bancada, ele relembra os tempos de estúdios. “Eu lembro que a Paula me convidou e eu estava viajando para Belo Horizonte e ela me ligou, assim que voltei para Manaus, procurei por ela e foi quando me foi sugerido um programa diário com muita informação, polícia e política. Eu não pensei duas vezes e aceitei. Minha paixão é rádio, não tinha como resistir. Depois de um tempo, ela saiu para cuidar da Revista e eu só guardo boas lembranças do nosso trabalho. Desejo sucesso sempre, agora é pausa do trabalho para cuidar da princesa”, finaliza Patrick.

Patrick e Flávia já estão juntos há sete anos (Reprodução/Facebook)