8 de março de 2021

Jennifer Silva – Da Revista Cenarium

MANAUS – Os deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) aprovaram a antecipação do fim do recesso nessa terça-feira, 26, houve parlamentar que atacou colega que questionou a legalidade da medida, mas no primeiro dia de retorno às sessões ordinárias, nesta quarta-feira, 27, o quórum máximo de deputados não passou de dez.

Na maior parte da sessão, a ‘’audiência’’ dos deputados oscilou entre cinco e quatro parlamentares. E a sessão virtual terminou com três deputados. Como costuma fazer, o presidente da Aleam, Josué Neto, também não ficou em toda sessão.

Logo na primeira hora, após o pequeno expediente, onde os deputados fazem pequenos registros, em falas de no máximo cinco minutos, o presidente da Casa decidiu que a ordem do dia, ou seja, a pauta de temas a serem debatidos e votados fosse transferida para esta quinta-feira, 28. Ninguém se opôs.

Na terça-feira, o deputado Fausto Júnior chegou a pressionar os colegas, quando a antecipação do fim do recesso estava em debate. Ele disse que quem não quer trabalhar, que depois se ‘’entenda’’ com a população’’. Fausto Júnior mal deu bom dia na sessão de hoje, esteve apenas nos primeiros minutos no telão virtual.

A primeira reunião após o fim do recesso se resumiu a discussões feitas no dia anterior, em falas repetitivas, sem qualquer avanço prático. Queixas e mais queixas, oposição atacando o governo, com deputados inclusive usando palavrões para reclamar do Estado, falta de educação ‘’escorada’’ na tal imunidade parlamentar.