No AM, Arquidiocese de Manaus suspende atividades presenciais por 15 dias para evitar contaminações

Luís Henrique Oliveira – Da Revista Cenarium

MANAUS – O arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner, após consulta ao conselho presbiteral local, emitiu nessa terça-feira, 5, novas orientações pastorais e suspendeu atividades presenciais até o dia 22 deste mês. A decisão deu-se pelo aumento no número de casos de pessoas contaminadas pelo novo Coronavírus no Amazonas, que já soma 204.900 infectados e 5.414 o total de mortes.

De acordo com Dom Leonardo Steiner, o meio mais eficaz para conter a propagação de contaminação tem sido o recolhimento das pessoas, em casa, evitando presença em lugares muito frequentados como eventos que agrupam razoável número de participantes.

“Os párocos providenciem a transmissão das celebrações online, auxiliados por uma equipe estritamente necessária. A Cúria funcionará somente para os serviços internos. Não haverá atendimento externo. As Secretarias das Paróquias e Áreas Missionárias estejam abertas para ajudar na orientação dos fiéis”, disse Steiner.

O arcebispo reafirmou a necessidade das medidas de prevenção ao vírus. “Insistimos na necessidade do distanciamento, higienização, uso de máscara. Busquemos na Palavra de Deus e na oração do terço, força e inspiração. Agradeço a compreensão de todos e rezemos uns pelos outros. Temos a certeza de que Jesus está no meio de nós e caminha conosco. Imploramos à Nossa Senhora, Imaculada Conceição: rogai por nós. Deus abençoe a todos”, finalizou.

Dados

Nessa terça, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), por meio do Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 277, informou o diagnóstico de 1.928 novos casos de Covid-19, totalizando 204.900 casos da doença no Estado.

Ainda de acordo o boletim, foram confirmados 46 óbitos por Covid-19, sendo 30 ocorridos na segunda-feira, 4, e 16 encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.414 o total de mortes.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 1.106 pacientes internados, sendo 738 em leitos, 349 em UTI e 19 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há, ainda, outros 468 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 376 estão em leitos clínicos, 73 estão em UTI e 19 em sala vermelha.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO