Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
17 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da Assessoria do TRE-AM

MANAUS – Em 1906, Santos Dumont parava a cidade de Paris, voando em seu mais-pesado-que-o-ar. Nesse ano, o Brasil era governado por Rodrigues Alves e o Amazonas, por Constantino Nery. Nesse ano, nascia Dona Cacilda Nascimento.

Com 115 anos, a matriarca viveu no período de duas guerras, duas pandemias, o auge e a decadência da era da borracha, a ascensão e a queda de regimes democráticos e ditatoriais, assim como a luta da mulher para votar e ser votada, direito adquirido em 1932. Gosta de viajar, de ir à praia, enfim, gosta de viver a vida com uma alegria juvenil.

Dona Cacilda  veio ao TRE do Amazonas (TRE-AM) regularizar título. Mesmo acompanhada da filha, entrou caminhando sozinha, sem necessidade de qualquer amparo, esbanjando vigor e saúde admiráveis para uma pessoa centenária. Seu interesse pela manutenção de seu cadastro na Justiça Eleitoral, que a habilita a votar nas eleições, é um exemplo para os jovens, de que a democracia depende de todos os cidadãos, independente de sua idade.

Incentivo para votar

Para combater a abstenção, a Justiça Eleitoral tem uma campanha permanente de incentivo a Jovens maiores de 16 anos (ou mais) a tirarem seu título eleitoral ou regularizarem a situação cadastral para que possam, a exemplo de Dona Cacilda ajudar a decidir o futuro da sociedade em que vive através de seu voto. Quem não quiser vir ao TRE como a dona cacilda, pode ser atendido em casa, pelo atendimento remoto.

Terceira idade no eleitorado do AM

Eleitores acima dos 60 anos, idade considerada da terceira idade no Brasil, representam cerca de 13,44% do eleitorado do Amazonas que, hoje, totaliza 2.503.269 eleitores, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Naturalmente, os maiores de 79 anos são minoria, com pouco mais de 46 mil cidadãos registrados e aptos a votar, representando 1,84% do eleitorado amazonense.