Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
19 de junho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – O ministro da Justiça e Segurança Pública e delegado da Polícia Federal (PF), Anderson Torres, anunciou na noite desta segunda-feira, 7, o envio de tropas da Força Nacional de Segurança para Manaus, após o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), solicitar a presença do reforço contra a série de ataques e incêndios criminosos registrados na capital.

“Atendendo a solicitação do governador do Amazonas, Wilson Lima, e visando a ajudar no restabelecimento da paz e da ordem na capital do Estado, acabo de autorizar o emprego da Força Nacional em Manaus. O planejamento operacional está sendo definido pela Senasp [Secretaria Nacional de Segurança Pública], do @justiçagovbr [Ministério da Justiça]”, escreveu, em uma publicação no Twitter.

Os atos criminosos em Manaus iniciaram na madrugada desse domingo, 6, com vândalos ateando fogo contra ônibus do transporte coletivo, agências bancárias e espaços públicos. Os casos, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazoans (SSP-AM), ocorreram após a morte do traficante “Dadinho”, um dos líderes da facção Comando Vermelho.

De acordo com o governo, a SSP-AM registrou, até o início da tarde desta segunda-feira, 7, o total de 31 prisões de pessoas envolvidas nos atos criminosos. As ações foram executadas tanto na capital quanto no interior do Estado, nos municípios de Carauari, Careiro da Várzea e Rio Preto da Eva.

Segundo o secretário Louismar Bonates, mais de 250 equipes das Polícias Civil e Militar foram colocadas nas ruas de Manaus e, com a chegada das tropas da Força Nacional, será possível fortalecer as ações no interior do Estado.

Logo após a confirmação do envio da Força Nacional, o governador do Amazonas, Wilson Lima, agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e ao Ministro da Justiça e Segurança Pública e delegado da Polícia Federal (PF), Anderson Torres, o reforço na segurança.

“Eu quero agradecer ao nosso ministro Anderson Torres pela sensibilidade e também ao nosso presidente Jair Bolsonaro. E aqui reforço o compromisso das nossas polícias em continuar trabalhando de forma muito firme para combater o tráfico de drogas na nossa região”, disse Lima.

“Acabei de receber a confirmação da Justiça de que irá atender o nosso pedido e envio de homens da Força Nacional e estrutura para auxiliar as nossas forças de segurança no combate aos crimes que têm acontecido no Estado desde o último domingo, 6. Até agora, 31 pessoas já foram presas. Agora, à noite, nós montamos mais de 40 barreiras e todo o nosso efetivo está nas ruas para garantir a segurança da nossa população”, acrescentou.