Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

This post is also available in (Post também disponível em): English (Inglês)

Com informações da UOL

SAO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez uma avaliação da pandemia de Covid-19 no Brasil e colocou a falta de coordenação nacional como principal motivo para o avanço da doença, numa crítica à gestão do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Para Lula, as atitudes de Bolsonaro são o motivo da imagem negativa que o País tem passado no combate à Covid-19. “Nosso governo não respeita ninguém e ninguém respeita o Brasil hoje”, afirmou Lula em entrevista à jornalista Christiane Amanpour, exibida nesta quinta-feira, 18, na CNN Internacional.

“Essa é uma doença que não tem controle no Brasil. Os governadores estão fazendo um tremendo esforço, mas o presidente da República não assume responsabilidade e está até prescrevendo remédios que não funcionam”, acrescentou o ex-presidente, em referência, principalmente, à cloroquina.

Lula admitiu que no início da pandemia governantes de vários países não sabiam como lidar com a doença e que não tinha a gravidade nem tratamento conhecidos. No entanto, o ex-presidente acredita que deveria ter sido criado um “protocolo nacional” contra a Covid-19.

“A Covid-19 começou tendo um tratamento inadequado no Brasil e no mundo. O presidente não acreditava na gravidade da pandemia, achou que era uma gripe e era contra o uso de máscaras. Um bom administrador teria criado um comitê científico com governadores e autoridades da saúde para ter um protocolo nacional”, finaliza.