25 de fevereiro de 2021

Jennifer Silva – Da Revista Cenarium

MANAUS – A atuação integrada dos órgãos federais e estaduais resultou nesse domingo, 18, na apreensão de 280 quilos de maconha do tipo skunk avaliadas em mais de R$ 2 milhões, e nas prisões em flagrante de quatro pessoas por envolvimento nos crimes do tráfico de drogas e associação ao narcotráfico, no rio Solimões, em Manacapuru (a 87 quilômetros de Manaus).

De acordo com o diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), delegado Paulo Mavignier, a ação policial ocorreu após três meses de investigação. Durante abordagem e revista na embarcação, foi encontrado e apreendido o material mencionado, bem como efetuadas as prisões de Etelvino Porto de Paula, de 27 anos, Flaviano Porto de Paula, de 25, Francisco Ferreira da Silva, de 63 anos, e Josenaldo Porto Cartilho, de 36.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, onde encontram-se encarcerados, à disposição da Justiça. “Abordamos a embarcação ainda no rio. Ao entrarmos, realizamos as buscas do material ilícito e encontramos as drogas, após escavar o porão do barco. Efetuamos a apreensão das drogas, realizamos a prisão dos quatro indivíduos e apreendemos o barco”, destacou a autoridade policial.

A operação foi batizada de ‘Campos’ como forma de homenagear um investigador da Polícia Civil de sobrenome Campos, que participou ativamente da ação policial e atualmente se encontra internado em razão de Covid-19.