22 de janeiro de 2021

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

MANAUS – O prefeito de Alvarães, Lucenildo Macedo (PSC), anunciou que o município suspendeu as atividades não essenciais nessa sexta-feira, 8, com o objetivo de conter o aumento de casos do novo coronavírus no município. O decreto publicado no Diário Oficial da Associação dos Municípios do Amazonas (AAM) é válido por 15 dias e fica proibida também, das 21h às 6h aglomeração de três pessoas ou mais em vias públicas.

Segundo o decreto publicado, os estabelecimentos como bares e distribuidoras de bebidas poderão funcionar no sistema delivery no horário de 7h às 21h. Ficam proibidos o funcionamento de casas noturnas, boates, salões de festas e eventos, de balneários, bem como a restrição de aglomeração de pessoas na Praia de Nogueira, assim como a realização de qualquer evento festivo público ou particular, religioso ou não.

Para atividades consideradas essenciais, será exigido o distanciamento, mínimo, de 1,5 metros. Além disto, é obrigatório o uso de máscaras de proteção individual em espaços públicos e privados, vias públicas e no transporte público da cidade. Todo o morador que chegar na cidade por meio dos portos deverão passar por checagem da temperatura corporal. Essas barreiras sanitárias são para coibir a entrada de pessoas doentes.

Em caso de descumprimento do disposto no Decreto, os órgãos do Sistema Estadual de Segurança Pública, a Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária Municipal, bem como aqueles responsáveis pela fiscalização dos serviços públicos, fica autorizados a aplicar as sanções previstas em lei, relativas ao descumprimento de maneira progressiva, sendo as seguintes penalidades como advertência ou multa de cinco mil reais diária para pessoas jurídicas, a ser duplicada por cada reincidência.

Casos de Covid-19

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), na sexta-feira, 8, Alvarães possui 1.632 casos confirmados e 26 mortes causadas pela Covid-19.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.