Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
22 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – Mesmo em durante a pandemia do novo Coronavírus, quando o mundo se esforça para oferecer condições adequadas ao tratamento de pacientes infectados, o prefeito Jamilson Carvalho (PMDB), do município de Anori (a 194 quilômetros de Manaus), pretende gastar o valor de R$ 509 mil na construção de uma praça infantil na cidade do interior do Amazonas.

O despacho de adjudicação e homologação foi publicado nesta segunda-feira, 25, no Diário Oficial dos Municípios (DOM).

Segundo o documento, assinado pelo gestor com data retroativa do dia 21 de maio deste ano, foi homologado o resultado final do procedimento licitatório realizado por meio da Tomada de Preço nº 002/2020, que tem a empresa Hycon Construçõess Ltsa – EPP como adjudicada, ficando responsável pela execução dos serviços de engenharia.

De acordo com dados da Receita Federal, a empresa fica localizada no bairro Chapada, em Manaus e está em atividade desde 2012, tendo como atividade econômica principal voltada para obras de alvenaria. Ainda segundo a Receita, o capital social da empresa é de R$ 1,5 milhão.

A REVISTA CENARIUM entrou em contato com a prefeitura de Anori e com sua assessoria, por meio dos contatos disponibilizados pela Associação Amazonense dos Municípios (AAM), mas até a publicação desta reportagem, não obteve retorno.

Para se ter uma ideia, segundo dados recentes da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), dos 29.867 casos confirmados no Amazonas até este domingo, 24, 13.881 são de Manaus (46,48%) e 15.986 do interior do estado (53,52%), sendo 210 somente em Anori. O município contabiliza ainda três óbitos pela Covid-19.

Veja o contrato: