Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
16 de setembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da assessoria

MANAUS – Os representantes da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do Tribunal de Justiça do Amazonas (Eastjam) e da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) assinaram um inédito Acordo de Cooperação Técnica que permitirá a realização de cursos de especialização voltados ao público interno do Tribunal, além do oferecimento de bolsas de estudo e a publicação de artigos científicos, livros e encartes, dentre outras ações. Um dos primeiros projetos, já resultado do ACT, é a realização do curso de pós-graduação Lato sensu em Poder Judiciário para servidores e magistrados da Corte Estadual de Justiça, com previsão para iniciar ainda no mês de outubro.

Os alunos desse curso serão certificados pela Universidade Federal do Amazonas, de acordo com o diretor da Eastjam, desembargador Flávio Pascarelli. Outra notícia importante é que a participação, exclusiva aos servidores e magistrados do TJAM, será gratuita e o curso, aberto a qualquer graduação, não sendo necessário o profissional ser formado em Direito. “É a primeira vez que a Eastjam firma uma parceria como essa com a Universidade Federal do Amazonas e estamos muito felizes com a possibilidade trazer cursos e projetos que poderão ser desenvolvidos a partir desse Acordo de Cooperação Técnica. Representa um incentivo importante poder compartilhar a produção e projetos acadêmicos, estimulando um aperfeiçoamento constante dos profissionais do Tribunal”, comentou Pascarelli, acrescentando que o ACT vai beneficiar principalmente o cidadão que utiliza os serviços do Judiciário. “O profissional bem mais preparado servirá muito melhor a sua comunidade”, completou.

O reitor da Ufam, professor doutor Sylvio Puga, disse estar honrado em assinar o Acordo de Cooperação Técnica por se tratar de um momento histórico para ambas as instituições. “A Faculdade de Direito tem um papel muito importante na sociedade amazonense e esse acordo reforça o papel da instituição junto ao Tribunal de Justiça. Para nós é uma grande satisfação trabalharmos em parceria como sempre atuamos e gerando instrumentos que se revertam em benefícios à população, na medida em que contribuiremos para que mais profissionais possam ser qualificados”, destacou o reitor.

A Faculdade de Direito da Ufam tem intensificado a oferta de cursos de pós-graduação Lato sensu, além de mestrado em Direito, segundo o diretor da instituição, professor Carlos Alberto Moraes Ramos Filho. “Quem sabe se os servidores e magistrados do Tribunal já não possam também participar desses cursos, essa é a nossa expectativa”, comentou Carlos Alberto. “Com o acordo, estaremos colaborando com o quadro docente da universidade, ministrando cursos e desenvolvendo, de forma conjunta com a Escola de Aperfeiçoamento do Servidor, projetos e ações como publicação de livros, artigos científicos e revistas jurídicas”, acrescentou.

“As universidades têm a possibilidade de firmar acordos de cooperação, que representam a união das forças existentes dentro de cada instituição, do ponto de vista científico e docente, e o ACT com a Escola de Aperfeiçoamento do Servidor traz possibilidade de potencializar a formação da área jurídica”, destacou a assessora de Relações Internacionais e Interinstitucionais da Ufam, Leda Brasil, que também esteve presente na assinatura do acordo de cooperação, juntamente com o vice-diretor da Faculdade de Direito, professor Adriano Ferreira.

O diretor acadêmico da Eastjam, João Paulo Jacob, explicou que a pós-graduação será realizada por videoconferência, dentro do Ambiente Virtual de Aprendizagem da Eastjam, exclusivamente para servidores e magistrados que tiverem interesse em participar. “O curso será ministrado tanto por professores da Corte, do quadro efetivo do TJAM, também contaremos com docentes da Universidade Federal do Amazonas e de outros Estados brasileiros. Em breve estaremos divulgando um edital com os prazos, critérios de seleção e outras informações para os profissionais do TJAM que tiverem interesse em participar dessa pós-graduação”, explicou.