Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Malu Dacio – Da Revista Cenarium

MANAUS — Artistas, jornalistas, instituições e políticos não deixaram de homenagear o poeta da floresta Thiago de Mello, após sua morte, na manhã desta sexta-feira, 14. Nas redes sociais, as figuras públicas lamentaram a perda de um dos maiores poetas brasileiros e defensor da Amazônia. Às 11:32, desta sexta-feira, 14, Thiago de Mello estava entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Leia mais: ‘Faz escuro, mas eu canto’: morre o poeta da floresta Thiago de Mello aos 95 anos

A cantora e compositora Maria Gadu utilizou as informações postadas nas redes sociais da CENARIUM para homenagear o cantor. “Graande poeta” (sic), disse ela em um comentário.

O deputado do Amapá Randolfe Rodrigues (Rede), líder da oposição no Senado, utilizou o Twitter para lamentar a morte de Thiago. “Autor de obras-primas, foi um amigo, e sempre será um ídolo. Siga em paz, mestre!”, disse.

O deputado postou uma foto ao lado do poeta amazonense (Foto: Reprodução/Twitter)

O senador do Amazonas Omar Aziz (PSD) também prestou homenagens a Mello. “O grande poeta amazonense Thiago de Mello nos deixou nesta sexta-feira, 14/01. Filho de Barreirinha, município do interior do nosso Estado, o escritor deixa um verdadeiro legado para a literatura e história do nosso país”, definiu.

O jornalista amazonense Mário Adolfo Filho parafraseou o poeta. “Faz escuro, mas eu canto… RIP Thiago de Mello…”, disse em sua rede social.

A deputada federal (PCdoB/RJ) Jandira Feghali tweetou que Thiago de Mello foi o grande poeta amazonense que emocionou o Brasil e o mundo com suas palavras. “Não há como se converter a sexta que perdemos Thiago de Mello em uma manhã de domingo apesar dele próprio ter decretado que todos os dias poderiam ser leves”, afirmou.

O escritor Tenório Telles afirmou que o poeta Thiago de Mello deixa como legado uma obra marcada pelo conteúdo de humanidade, compromisso com a liberdade e sua afirmação em favor do ser humano. “Thiago de Mello portanto, foi um poeta que não passou impunemente pela vida. Sua poesia é o testemunho dessa passagem e ao mesmo tempo, essa poesia é uma afirmação da sua crença no futuro mais feliz para o ser humano”, caracterizou.