Peru estende quarentena após registrar 20 mil casos de Covid-19

Folhapress

MANAUS – O presidente do Peru, Martín Vizcarra, estendeu nesta quinta-feira, 23, a quarentena adotada no país contra o novo coronavírus. O plano inicial era manter o confinamento até o próximo domingo (26), mas o fim da medida foi adiado até o dia 10 de maio.

A curva [de infecções] continua a subir. E responsavelmente, isso nos obriga a não baixar a guarda”, explicou Vizcarra.

O Peru é o segundo país na América do Sul com maior número de casos de Covid-19, atrás apenas do Brasil.

Nos últimos nove dias, o número de casos de coronavírus no país dobrou, atingindo 20.914 nesta quinta-feira (23).

A rápida disseminação do vírus levou o sistema de saúde peruano ao colapso, com corpos aguardando serem retirados de hospitais e equipamentos de proteção sendo indevidamente reutilizados.

Além disso, milhares de pessoas ficaram sem renda por conta da pandemia. O governo anunciou um programa de estímulo econômico de 90 bilhões de novos sóis (R$ 147 bilhões), que equivalem a 12% do PIB peruano. O pacote inclui um auxílio financeiro para 6,8 milhões de famílias e o amparo ao setor de mineração. (AFP e Reuters)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO