27 de janeiro de 2021

Com informações do G1

SÃO PAULO – O estado de São Paulo teve, até o início de dezembro, uma queda de 36,8% no número de turistas, o equivalente a 16,9 milhões de pessoas. Os dados são do Centro de Inteligência da Economia do Turismo (Ciet) e apontam o impacto da pandemia da Covid-19.

Até o fim do mês, a expectativa é que o número aumente. O número de turistas esperado para 2020 era de mais de 46 milhões, mas o estado deve fechar o ano com 27,8 milhões. Em 2019, o estado recebeu 44 milhões de pessoas vindas de outros lugares.

As companhias aéreas devem fechar 2020 com 70% do volume de voos registrados no final de 2019. Já as viagens de carro e ônibus, motivadas pelo turismo de proximidade, voltaram ao normal em algumas regiões do estado.

Previsão para 2021

O Ciet projetou uma retomada do turismo considerando que a vacinação aconteça até março de 2021 em outros estados. A precisão é que o número de turistas em São Paulo deve crescer 44% em relação a este ano.

Esse cenário construído aqui é um cenário baseado na chegada das vacinas em São Paulo entre janeiro e fevereiro. No Brasil, a partir de março. É um cenário otimista, é um cenário possível.

O secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, afirma que o “cenário, do ponto de vista econômico, melhorou” em São Paulo, porque houve geração de mais de 10,7 milhões de emprego no mês de novembro.

“Essa projeção nos dá uma perspectiva de recuperação de, praticamente, todos os empregos perdidos. Hoje, o acumulado negativo é 132 mil empregos. No ano passado, nós tínhamos gerado 50 mil empregos” disse o sercretário.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.