Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
26 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Luís Henrique Oliveira – Da Revista Cenarium

MANAUS – Agentes da Polícia Federal cumprem, na manhã desta quinta-feira, 2, 14 mandados de busca e apreensão em São Paulo, São José do Rio Preto (SP), Boa Vista (RR), Manaus (AM), Tabatinga (AM) e Rio Branco (AC) contra tráfico de pessoas e imigração ilegal de estrangeiros para o Brasil. Os mandados de busca e apreensão e um de prisão do suposto líder do grupo foram expedidos pela 4ª Vara da Justiça Criminal Federal em Roraima.

De acordo com a PF, os suspeitos integravam uma quadrilha que chegou a movimentar R$ 50 milhões nos últimos três anos. Os envolvidos cobravam até U$ 20 mil para trazer estrangeiros da Ásia e do Oriente Médio, de países como Índia, Bangladesh, Paquistão e Afeganistão.

O esquema é chefiado por um cidadão bengalês – um grupo étnico que vive entre a Índia e Bangladesh -, que, segundo a polícia, trazia outros membros da sua etnia para o Brasil de forma ilegal. Segundo as investigações, os imigrantes eram cobrados com taxas durante a viagem e quando chegavam ao Brasil tinham seus documentos retidos e eram mantidos em cárcere, privados de alimentos e contato com o mundo exterior. As vítimas eram ainda coagidas a prestar falsa notícia de perda de documentos em delegacias de Roraima.  

O suspeito de ser o chefe da quadrilha não foi encontrado no País em agosto deste ano e seu nome foi incluído na lista de Difusão Vermelha da Interpol. Ele foi preso recentemente na Colômbia e o Brasil tenta sua extradição.