23 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Vanessa Taveira – Da Revista Cenarium

MANAUS – A Polícia Federal (PF) no Amazonas deflagrou na manhã desta sexta-feira, 30, a operação “Áquila”, de combate ao tráfico de drogas. A operação é a fase ostensiva de inquérito policial onde são investigados fatos relacionados a possíveis práticas de crimes como associação à organização criminosa e ao tráfico de drogas.

Um segundo inquérito foi instaurado pela Polícia Federal para apurar outros envolvidos no esquema criminoso. A Justiça Federal aceitou representação da Polícia Federal e expediu dez mandados de busca e apreensão e cinco de prisão temporária, os quais são cumpridos nessa etapa da investigação criminal.

Foi constatada a participação de pessoas nas cidades de Tabatinga e Manaus, no estado do Amazonas, e Balneário Camboriú, em Santa Catarina, locais onde são cumpridos os mandados nessa fase.

Pena

Os investigados poderão responder pelos crimes de pertencimento a organização criminosa e tráfico de drogas, cujas penas, somadas, podem ultrapassar os 20 anos de prisão.

Histórico

Em maio do corrente ano, duas pessoas foram presas em flagrante no aeródromo de Flores (aeroclube) após pousarem com avião de pequeno porte oriundo de Tabatinga (a 1.106 quilômetros de Manaus) transportando cerca de 130 quilos de entorpecentes.

O nome da operação é uma referência à empresa fictícia utilizada pelos envolvidos para a contratação de fretamento de aeronave apreendida com entorpecentes na capital amazonense.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.