Polícia Rodoviária Federal apreende mais de 70 toneladas de minério ilegal no Pará

Colaborou Rômulo D’Castro – Da Revista Cenarium

PARÁ – A apreensão foi na quinta-feira, 20 de janeiro, durante fiscalização na BR-155, em Marabá (PA). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 72 (setenta e duas) toneladas de minério ilegal, sendo transportado em uma carreta, próximo ao posto de fiscalização.

O minério do tipo manganês, tinha como destino o porto de Barcarena (PA), para posterior exportação. Durante a abordagem, o condutor apresentou uma nota fiscal na qual constava uma quantidade de minério de 50 (cinquenta) toneladas, valor muito abaixo da quantidade pesada pela PRF, de cerca de 72 toneladas. Além disso, a nota apresentava indícios de falsificação.

Durante a fiscalização, o motorista não apresentou nenhuma licença ambiental válida, necessária para esse tipo de transporte, e informou que não sabia que precisava portar tais documentos. Além da ausência de documentação, o veículo que realizava o transporte da carga possuía o Peso Bruto Total Combinado (PBTC) acima do valor permitido, colocando em risco o funcionamento dos componentes do veículo, como freios, direção e outros, podendo causar graves acidentes. 

O minério do tipo manganês tinha como destino o porto de Barcarena (PA), para posterior exportação (Divulgação)

Diante dos fatos, o condutor, a carga e o veículo foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal, em tese, por uso de documento falso e por crime contra o patrimônio, na modalidade de usurpação, produzir bens ou explorar matéria-prima pertencentes à União, sem autorização legal ou em desacordo com as obrigações impostas pelo título autorizativo. A pena para esse tipo de crime é de 1 (um) a 5 (cinco) anos de prisão, além do pagamento de multa.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO