Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
18 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Priscilla Peixoto- Da Revista Cenarium

MANAUS – Com o objetivo de atingir um número maior de artistas e ampliar oportunidades para aqueles que não possuem acesso à internet ou conhecimento em informática, a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) realizou na noite dessa quinta-feira, 08, uma live para explicar de forma didática todo o processo de inscrição para o “Prêmio Manaus 2021 Zezinho Corrêa”, lançado no último 16 de março.

Segundo o diretor de Cultura da Manauscult, Jonathas Ribeiro, a iniciativa é necessária para facilitar o acesso para aqueles que não têm muito conhecimento na área da informática.

“A nossa intenção é chegar nos artistas que têm menor condição. E esses artistas, por incrível que pareça, muitos deles não têm conhecimento acadêmico ou técnico. São excelentes pintores, músicos, compositores, mas apresentam essa necessidade de ajuda neste quesito”, comenta o diretor da Manauscult.

Durante a live, foi realizada uma revisão sobre o edital e respostas em geral e logo após foi explicado o passo a passo do preenchimento do formulário acessado pelo link no portal Viva Manaus.

Facilitando

Ainda de acordo com Jonathas a Manauscult vai disponibilizar computadores para os artistas que não tenham internet disponível e que queiram auxílio presencial na hora da inscrição. Para efetuar o cadastro, os participantes devem levar os seguintes documentos: CPF, RG, comprovante de residência, cópia do cartão bancário, o currículo artista, currículo artístico e portifólio. Para pessoa jurídica, consultar o regulamento no (vivamanaus.com), na página de Editais, ou pelo link direto bit.ly/premiozezinhocorrea.

“A partir da próxima segunda-feira, 12, quem tiver dificuldade e quiser orientação pessoal na hora da inscrição, pode ir conosco no horário comercial que estaremos apostos”, afirmou Jonathan.

Sobre o prêmio

O prêmio intitulado “Zezinho Corrêa” é uma homenagem ao cantor que marcou cenário artístico do Estado e ajudou a disseminar a cultura local para o mundo. Zezinho morreu no dia 6 de fevereiro deste ano, vítima da Covid-19.

O prêmio tem o objetivo de abarcar o maior número de proponentes e, para que isso ocorra, cada participante do certame poderá se inscrever em apenas um projeto por segmento artístico. Caso um artista inscreva em mais de um projeto em categorias distintas, a inscrição anterior será desconsiderada e terá validade apenas a última proposta realizada.

O edital Prêmio Manaus 2021 Zezinho Corrêa representa um investimento total de R$ 1.005.500, divididos em nove segmentos artísticos: artes visuais, audiovisual, circo, dança, hip hop, literatura, manifestações culturais, música e teatro, com conteúdo em lives (shows), vídeos, e-books, podcasts e cursos (oficinas) com valores em faixas de R$ 1,9 mil, R$ 3,7 mil, R$ 4,6 mil, R$ 5 mil e R$ 6 mil que vão beneficiar 350 artistas e segue com inscrições abertas até o dia 10 de maio de 2021.