‘Qualquer que seja a acusação, que possa ter amplo direito de defesa’, diz Gilberto Kassab, em Roraima, sobre prisão de Milton Ribeiro

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

BOA VISTA – Ex-prefeito de São Paulo e presidente Nacional do PSD, Gilberto Kassab cumpre agenda em Boa Vista nesta quarta-feira, 22. Durante sua visita à Câmara Municipal da cidade, recebeu uma moção de aplausos dos parlamentares. Kassab foi a Roraima para participar do lançamento da pré-candidatura a deputado federal de Zé Haroldo Cathedral (PSD).

Ao ser questionado sobre o que acha da prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, Gilberto Kassab disse que não estava sabendo da operação da Polícia Federal contra o ex-ministro e pastores suspeitos de operar um balcão de negócios no Ministério da Educação e na liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“Em relação a essa operação, eu estava em voo, acabei de chegar e não tive conhecimento dela. Aliás, estou sabendo por você e prefiro me manifestar depois que eu tiver conhecimento, mas o importante é que, independentemente da acusação que pese sobre eles, que tenham amplo direito de defesa”, afirmou Kassab.

PSD neutro

À REVISTA CENARIUM, Gilberto Kassab, presidente do PSD, falou ainda sobre o posicionamento do partido em relação à eleição para a Presidência da República, sobre a economia brasileira e falou sobre o posicionamento do senador Omar Aziz (PSD) e do deputado federal Marcelo Ramos, que anunciaram apoio à pré-candidatura do ex-presidente Lula (PT) à Presidência.

“A decisão é partidária, não é pessoal, é partidária. Nós estamos numa fase de consulta. Em breve, devemos encerrar para começar a organizar as convenções. No momento, tudo indica que o partido vai ficar neutro nessas eleições, mas não é uma consulta concluída. Portanto, precisamos aguardar até que a gente tenha uma posição oficial”, afirmou Kassab.

Omar Aziz e Marcelo Ramos

Uma vez estabelecido que o partido tende a ficar neutro nas eleições presidenciais deste ano, a reportagem perguntou ao presidente da sigla sobre a posição de dois líderes políticos do Amazonas, o senador Omar Aziz e o deputado federal Marcelo Ramos.

“O PSD é um partido de centro e, no momento que você não tem uma candidatura própria, é mais que compreensível que cada líder do partido tenha um posicionamento. No Amazonas, nós temos um grande líder fundador do partido, o senador Omar Aziz. Ele tem nosso respeito, nosso respaldo e nossa torcida para se reeleger senador. A posição dele é que o presidente Lula é o mais adequado para dirigir o País a partir das eleições. E é uma posição com o nosso respeito. Assim, como o deputado o Marcelo Ramos, que também tem esse ponto de vista sobre o ex-presidente Lula”, afirmou.

Gilberto Kassab no gabinete do vereador Vavá, onde recebeu a reportagem da REVISTA CENARIUM (Gabriel Abreu/Revista Cenarium)

CPI dos Combustíveis

Tramita na Câmara dos Deputados uma proposta de se investigar, por meio de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), os preços dos combustíveis praticados pela Petrobras que, na última semana, autorizou mais um aumento no preço da gasolina e do diesel. A proposta feita pelo presidente Bolsonaro (PL) movimenta aliados a conseguirem assinaturas para a criação da Comissão. Na visão do ex-prefeito de São Paulo, entretanto, não é o momento oportuno.

“Eu sou a favor de qualquer investigação. Em ano eleitoral, não pode ser bem-sucedida uma investigação, mas eu não sou parlamentar. Portanto, nesse momento não tenho voto a favor ou contra, mas eu não tenho receio de nenhuma CPI. Até porque um País com uma democracia sólida como o Brasil precisa sempre, e é bom ver, aperfeiçoar o sistema de transparência. As CPIs ajudam. Essa CPI [se referindo à CPI dos Combustíveis] não sei se é oportuno”, enfatizou.

Visita a Boa Vista

A visita de Gilberto Kassab a Boa Vista faz parte do lançamento da pré-candidatura de Zé Haroldo Cathedral (PSD) à Câmara dos Deputados. “Viemos dar um pontapé numa carreira que será muito promissora”, finalizou Kassab.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO