Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de julho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Déborah Arruda – Da Cenarium

MANAUS – Conhecido nacional e internacionalmente por sua música, o rapper Emicida foi convidado para lecionar no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, em Portugal. O convite foi realizado como parte da iniciativa “Residência Artística CES” e acolherá o artista pelo período de três meses, do final de julho ao final de agosto deste ano.

O projeto da Universidade Popular Empenho e Arte (UPEA-CES) pretende criar um espaço de articulação entre as pesquisas desenvolvida no Centro de Estudos e a criação artística com impacto público na promoção dos direitos humanos, na afirmação de vozes e linguagens negligenciadas pela cultura acadêmica e no estreitamento de diálogos com os movimentos sociais na Europa e no Sul global.  

Um dos objetivos da ida de Emicida às terras lusitanas é promover uma reflexão e um diálogo intercontinental sobre a relação entre arte, ciência e transformação social. O rapper, oriundo de família pobre, usa seu trabalho para realizar críticas sociais e lutar contra as diferenças socioeconômicas que ainda são expressivas no Brasil. Emicida utilizou suas redes sociais para agradecer o apoio e a oportunidade.

“Podemos dizer que até que enfim eu consegui entrar na faculdade! Grato, ansioso e feliz”, disse no Twitter. E complementou, “Muita gente me parabenizando por entrar na faculdade. Obrigado amigos. Mas eu não estou indo como aluno (embora eu seja um eterno aprendiz de tudo), estou indo como mestre ( aliás, adorei o titulo ‘cátedra insurgente’) e é uma honra sem tamanho”, finalizou.