Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
5 de dezembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

DA Revista Cenarium*

SÃO PAULO – No mês do orgulho LGBTQIA+, muitas marcas têm se posicionado a favor da causa, lançando campanhas de doação a ONGs de apoio LGBTQIA+ e ações publicitárias especiais, como a Ambev e as Havaianas. Mas muitos não gostam dessa ideia, e ameaçam as marcas com boicotes. Nasceu daí a expressão “Quem lacra, não lucra” – ou seja, marcas que apoiam a causa LGBTQIA+ não lucrariam, segundo aqueles que as atacam, por conta de seus supostos boicotes.

A rede de lanchonetes Burger King, uma das maiores do mundo, resolveu responder a essas ameaças e provocações com bom humor e criatividade. A empresa lançou uma campanha “Quem Lacra Não Lucra (Mesmo)” e anunciou que todo o seu lucro proveniente das vendas de lanches no próximo domingo, 28, dia mundial do orgulho LGBT, será revertido para ONGs de apoio à causa LGBTQIA+.

Segundo a empresa, é uma forma de confirmar seu posicionamento por uma sociedade mais tolerante e livre de preconceitos.

“Transformar essa intolerância em uma mensagem positiva para a comunidade é uma oportunidade de reforçar nossa crença em uma sociedade igualitária e livre de preconceitos, que abraça e respeita todas as pessoas, independente de identidade de gênero e orientação sexual, religião e etnia”, diz Ariel Grunkraut, vice-presidente de marketing do Burguer King.

(*) Com informações da assessoria

Veja o vídeo: