Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de setembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da assessoria

MANAUS – A Rede das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (UN-SDSN) está recrutando voluntários para traduzir a versão preliminar do Painel Científico para a Amazônia (SPA), lançado para consulta pública originalmente em inglês. O relatório é a maior avaliação científica sobre os ecossistemas da Amazônia.

A Rede procura voluntários que possam apoiar rapidamente a tradução dos rascunhos dos capítulos para o português e para o espanhol, de forma que mais pessoas possam participar efetivamente da consulta.

Os voluntários serão reconhecidos na própria minuta da consulta no site do SPA e com um certificado de agradecimento. Existem 33 capítulos que variam em comprimento, mas têm uma média de 55 páginas por capítulo.

Idealizadora da iniciativa, a coordenadora da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia), Carolina Ramirez, informou que um dos principais requisitos é que o voluntário possua um conhecimento vasto da língua inglesa, ter uma boa redação na língua portuguesa ou na língua espanhola, bem como alguma atuação no campo da sustentabilidade, ciências ambientais ou de mudanças climáticas.

“Ser estudante ou pós-graduando nas áreas de ciências ambientais, ciências nas mudanças climáticas, ciências no desenvolvimento sustentável ou em áreas relacionadas aos capítulos do painel científico pela Amazônia”, explicou Carolina.

Os voluntários interessados devem preencher o seguinte relatório bit.ly/Tradutor_SDSN-UN

A UN-SDSN está aberta ao uso do Google Tradutor, desde que os voluntários tenham tempo suficiente para revisar e corrigir quaisquer erros. As traduções devem ser devolvidas dentro de uma semana após o envio para tradução.

Sobre o Painel Científico para a Amazônia

O Painel é uma iniciativa da Rede de Soluções Sustentáveis da ONU e que reúne um arcabouço científico envolvendo diversos aspectos sociais, econômicos, políticos e ambientais sobre a Amazônia e que agora encontra-se na fase de consulta pública.

Painel reúne um arcabouço científico envolvendo diversos aspectos sociais

O documento é um compilado sobre os sistemas ecológicos da maior biodiversidade do mundo, produzido a partir da contribuição científica de mais de 200 pesquisadores, dentre eles, os professores Henrique Pereira e Tatiana Schor, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), além de Philip Fearnside e Sonia Alfaia, ambos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).