28 de fevereiro de 2021

Folhapress

O servidor Heber Trigueiro foi nomeado para chefiar a secretaria do Audiovisual no governo Bolsonaro. A escolha da secretária da Cultura Regina Duarte foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta, 16.

Trigueiro substituiu Katiane Gouvêa em dezembro do ano passado e trabalhava como interino.

Gouvêa foi exonerada por Roberto Alvim, então no comando da Secretaria Especial da Cultural, e para o Audiovisual havia sido anunciado o nome de André Sturm.

Com a troca de Alvim pela atriz Regina Duarte, atualmente no comando da pasta, Sturm não chegou nem a ser nomeado.

Roteirista, produtor de cinema e servidor na pasta do Audiovisual desde 2011, Trigueiro exerceu o cargo de coordenador-geral de acompanhamento e prestação de contas do órgão.

Ele é um dos roteiristas e montador de “Federal” (2010), sobre uma operação policial para prender um grande empresário envolvido com o tráfico de cocaína.