Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
18 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Com informações do Congresso em Foco

Os líderes definiram a distribuição das vagas entre os partidos na CPI da Covid, cujo ato de criação deve ser lido esta tarde pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). O ex-presidente da Casa Renan Calheiros (MDB-AL) é o favorito para assumir a relatoria da comissão parlamentar de inquérito proposta pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Líder da maioria, Renan é crítico do presidente Jair Bolsonaro. Outro possível nome para a relatoria também vem do MDB, maior bancada do Senado, Eduardo Braga (AM), representante de um dos Estados mais afetados pela pandemia. Ainda não há definição sobre a presidência.

O PT indicou dois nomes para a CPI: o ex-ministro da Saúde Humberto Costa (PT-PE) será titular e o ex-líder da bancada Rogério Carvalho (SE) será o suplente. Ambos são médicos. Veja a distribuição das vagas entre os partidos e blocos. Caberá a cada um deles indicar seus respectivos representantes.

Serão 11 titulares, assim divididos:

Bloco MDB, PP e Republicanos – 3 senadores
Bloco PSDB, Podemos e PSL – 3 senadores
PSD – 2 senadores
Bloco DEM, PL e PSC – 1 senador
Bloco Rede, Cidadania, PDT e PSB – 1 senador
Bloco PT e Pros – 1 senadores

Serão 7 suplentes, assim divididos:

Bloco MDB, PP e Republicanos – 2 senadores
Bloco PSDB, Podemos e PSL – 1 senador
PSD – 1 senador
Bloco DEM, PL e PSC – 1 senador
Bloco Rede, Cidadania, PDT e PSB – 1 senador
Bloco PT e Pros – 1 senadores